Repositório Digital

A- A A+

O conceito de affordance como estratégia generativa no design de produtos orientado para a versatilidade

.

O conceito de affordance como estratégia generativa no design de produtos orientado para a versatilidade

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O conceito de affordance como estratégia generativa no design de produtos orientado para a versatilidade
Autor Broch, José Carlos
Orientador Turkienicz, Benamy
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pós-Graduação em Design.
Assunto Affordance
Design de produto
Processo criativo
[en] Affordance
[en] Creative process
[en] Product design
[en] Versatile products
Resumo Para a estruturação e qualificação do pensamento criativo alguns educadores sugerem a utilização de modelos de aprendizagem baseados na ampliação das capacidades associativas dos alunos. Neste cenário emerge a Teoria das Affordances como ferramenta, tanto para compreender como o indivíduo interage com os objetos, quanto para ampliar essa interatividade. Focando um design orientado para a ampliação da utilidade dos produtos, o presente estudo explora a aplicação da Teoria das Affordances como estratégia para identificar novas possibilidades de uso dos objetos e analisa como esta aplicação interfere no processo criativo de alunos de Design. O delineamento experimental baseou-se no Plano de Quatro Grupos, de Richard Solomon, e os participantes do estudo exploratório foram alunos de cursos de graduação em Design de quatro instituições privadas de ensino brasileiras. A análise qualitativa e quantitativa dos dados sugere que a exploração de affordances em sala de aula, ao induzir a abstração, potencializa a emergência de alternativas de uso que, incorporadas ao processo de design, podem conferir versatilidade e aumentar as possibilidades de inovação na concepção de produtos. Os resultados da pesquisa deverão ser ainda ulteriormente confrontados com resultados de novos testes para que seja possível confirmar as hipóteses sobre a importância do uso de associações estruturadas (affordances) no ensino e no processo de design de produtos.
Abstract To qualify creative thinking, some educators suggest the use of learning models based on expansion of associative capacities of the students. In this scenario, the Theory of Affordances emerges as a tool to understand how the individual interacts with objects and to increase this interactivity. Focusing utility-oriented design, this study explores the application of the Theory of Affordances as a strategy to identify new possibilities for use of objects and analyzes how this application interferes within the creative process of Design students. The experiment was based on Solomon’s Four-Group Design and the participants of the exploratory study were students of undergraduate courses in Design of four Brazilian private colleges. The qualitative and quantitative data analysis suggests that the exploitation of affordances in the classroom, to induce abstraction, enhances the emergence of use alternatives, and incorporated into the design process may provide versatility and increase opportunities for innovation in product design. The research results must still be faced with further results of new experiments to confirm the hypothesis about the importance of structured associations use (affordances) in education and product design process.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/25510
Arquivos Descrição Formato
000752864.pdf (4.629Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.