Repositório Digital

A- A A+

Os Kalankó, Karuazu, Koiupanká e Katokinn : resistência e ressurgência indígena no alto sertão Alagoano

.

Os Kalankó, Karuazu, Koiupanká e Katokinn : resistência e ressurgência indígena no alto sertão Alagoano

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Os Kalankó, Karuazu, Koiupanká e Katokinn : resistência e ressurgência indígena no alto sertão Alagoano
Outro título The Kalanko, Karuazu, Koiupanka and Katokinn: resistence and resurgence in the High Sertão Alagoano, Brasil
Autor Amorim, Siloé Soares de
Orientador Eckert, Cornelia
Data 2010
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Antropologia social.
Assunto Alagoas
Antropologia social
Antropologia social
Antropologia visual
Cultura indígena
Etnologia indígena
Índios Kalankó
Índios Karuazu
Índios Koiupanká
Sertão, Região
Territorialidade
Trajetorias de vida
[en] Bush
[en] Ethnic-names
[en] History
[en] Identity
[en] Image
[en] Indians
[en] Kalanko
[en] Karuazu
[en] Katokinn
[en] Koiupanka
[en] Reappearance
[en] Resistence
[en] Resurgence
[en] Sertão
[en] Sonorous
[en] Territory
[en] Trajectory
[en] Trajectory
[en] Visual antropology
Resumo Os Kalankó, Karuazu, Katokinn e Koiupanka. desde 1998 vem reaparecendo no cenário étnico-político como índios resistentes. Como tais, demandam do Órgão indigenista oficial, a FUNAI, reconhecimento, delimitação e demarcação etnicoterritorial. A forma particular como reapareceram marcou os quatro povos: uma aparição pública coletiva chamada "festa do ressurgimento". Apresentando-se de forma similar, mas em espaço físico e temporal distintos, o reaparecimento étnico dos KKKK tem como pano de fundo o processo hist6rico e a trajet6ria (dispersão e reagrupamento) desses grupos como "rama" e "ponta de rama" (dos Pankararu, seus ascendentes) no Alto Sertão alagoano. A pesquisa de campo desenvolve-se, paralelamente, no registro fílmico-fotográfico desses eventos e na reconstrução de seus etnônimos e observa, em seu conjunto, as relações entre a representação indígena e a imagem "como um retorno a si mesmo" como uma forma de entrever o passado desses povos em imagens do presente, nas quais os indivíduos e suas comunidades compõem sua própria forma de "mostrar-se" ao mundo com "novas" especificidades étnicas, numa tentativa de restaurar também sua memória, o que permite, nesta pesquisa, caracterizar o tratamento hist6rico atribuído aos índios, enquanto que, paralelamente, o registro imagético possibilita também formar arquivos dos mesmos no Brasil.
Abstract Since 1998 the Kalankó, Karuazu, Katokinn and Koiupanka have been reappearing throughout the ethnic-political scene as resistant Indians. As such, they have demanded from Funai, the official indigenist office, their official recognition, as well as the measurement and official establishment of their ethnic territories. The singular way in which they have reappeared has marked the four peoples: a collective public appearance named the reappearance feast". Showing themselves in a similar way, but in distinct physical and temporal spaces, the ethnic reappearance of the KKKK branch has had as backdrop the historical process and journey (breaking up and regrouping) of these groups as "branch" and "end of branch" (from their ascendants, the Pankararu) in the highlands of Alagoas state. Meanwhile, in the same time frame, fieldwork is developed, overall, using filmic-photographic register of these events observing as well the reconstruction of their ethnic-names, including the relationships between indigenous self-presentation and image "as a return upon oneself'. This is a way to see the past of these peoples and the images of their actuality, in which individuals and their communities compose their own form of "showing themselves off' to the world with "new" ethnic specificities, as an attempt to bring back their memories. All of this allows this research to characterize the historical treatment given to the Indians while, at the same time, the imagetic registration also allows the formation of archives about them in Brazil.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/25528
Arquivos Descrição Formato
000753434.pdf (280.6Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.