Repositório Digital

A- A A+

A concepção de família de uma mulher-mãe de vítimas de incesto

.

A concepção de família de uma mulher-mãe de vítimas de incesto

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A concepção de família de uma mulher-mãe de vítimas de incesto
Outro título The concept of family from a woman-mother victim of incest
Autor Narvaz, Martha Giudice
Koller, Silvia Helena
Resumo O objetivo deste estudo foi o de investigar os discursos patriarcais inscritos nas concepões de família que têm sido mantidos ainda na atualidade. A participante do estudo foi uma mulher-mãe, vítima de violência na infância e na vida adulta, cujas filhas foram vítimas de incesto. O delineamento utilizado foi o estudo de caso, baseado em entrevistas semidirigidas. Os dados coletados foram submetidos à análise e discurso. Evidenciou-se a correspondência dos ditames patriarcais na concepção de família da participante. Mesmo não sendo o modelo efetivamente vivido, a concepção de família revelou a idealização do modelo hegemônico em nossa sociedade de família nuclear, monogâmica, patriarcal e burguesa. Uma vez que os dados foram coletados a partir de apenas um único caso, novas investigações são recomendadas. A investigação propõe-se a problematizar a hegemonia do modelo familiar patriarcal ainda prevalente em nossa sociedade, cujos ditames estão associados à dinâmica das famílias violentas e incestuosas.
Abstract The aim of this study was to explore the patriarchal discourses that are still presently registered in the concepts of family. The participant was a woman-mother, victim of violence during her childhood and adult life, whose daughters were victims of incest. The case study was based on semi-structured interviews. Discursive Analysis showed that patriarchal values correspond to the participant’s concept of family. Her concept of family revealed to be an idealized nuclear, monogamy, patriarchal and bourgeois model of family, even though this model has not effectively been experienced by her. Since the data was obtained from only one case, new investigations are recommended. We intend to question the hegemonic patriarchal model of family that still endures in our society, whose imperatives have been associated to the dynamics of violent and incestuous families.
Contido em Psicologia : reflexão e crítica. Porto Alegre. Vol. 19, n.3 (2006), p. 395-406.
Assunto Análise do discurso
Família
Gênero
Patriarcado
Violência
[en] Discourse
[en] Family
[en] Gender
[en] Patriarchal
[en] Violence
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/25689
Arquivos Descrição Formato
000589023.pdf (281.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.