Repositório Digital

A- A A+

Exploração sexual de crianças e adolescentes : uma análise comparativa entre caminhoneiros clientes e não-clientes do comércio sexual

.

Exploração sexual de crianças e adolescentes : uma análise comparativa entre caminhoneiros clientes e não-clientes do comércio sexual

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Exploração sexual de crianças e adolescentes : uma análise comparativa entre caminhoneiros clientes e não-clientes do comércio sexual
Autor Cerqueira-Santos, Elder
Morais, Normanda Araujo de
Moura, Andreína da Silva
Koller, Silvia Helena
Resumo O objetivo desse estudo foi analisar comparativamente dois grupos de caminhoneiros, classificados respectivamente como “clientes” e “não clientes” da exploração sexual de crianças e adolescentes nas estradas (ESCA) sobre seu envolvimento com esta atividade. Entrevistou-se 239 caminhoneiros em diferentes regiões brasileiras. As respostas foram categorizadas e os dados passaram por tratamento estatístico descritivo e inferencial. Aqueles que se auto-declararam como clientes (n = 85) da ESCA diferem do outro grupo (n = 154), porque informam passar mais tempo esperando a carga, costumar sair com prostitutas adultas mais que os nãoclientes e ter menos conhecimentos sobre os direitos das crianças. No entanto, o perfil dos dois grupos para as variáveis demográficas e sobre a profissão são bastante semelhantes. O estudo destaca o caráter circunstancial do envolvimento destes caminhoneiros com a ESCA e a necessidade de se considerar as variáveis relacionadas ao comportamento sexual e ao conhecimento dos direitos da criança e do adolescente nas ações de enfrentamento da ESCA.
Abstract This study aims at comparing two groups of truck drivers, clients and non-clients of children and adolescents’ commercial sexual exploitation (ESCA). Interviews were conducted with 239 truck drivers in different areas of Brazil. The data were analyzed statistically by inferential and descriptive analyses. The comparison between the groups showed that those who said they were clients of ESCA (n = 85) use to have a higher loading time than the ones in the other group (n = 154). Moreover, the clients use to utilize more prostitutes’ services and have less knowledge of children’s rights. However, the profiles of both groups were very similar, according to demographic and professional data. This study highlighted the circumstantial feature of the relationship between the truck drivers and the children and adolescents’ commercial sexual exploitation.
Contido em Psicologia : reflexão e crítica. Porto Alegre. Vol.21, n.3 (set./dez. 2008), p.446-454.
Assunto Abuso sexual
Adolescente
Criança
Prostituição infantil
[en] Children and adolescents
[en] Commercial sexual exploitation
[en] Truck drivers
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/25712
Arquivos Descrição Formato
000685863.pdf (77.39Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.