Repositório Digital

A- A A+

Remixando Teixeirinha : uma ánalise antropológica sobre a construção da imagem pública do "gaúcho coração do Rio Grande"

.

Remixando Teixeirinha : uma ánalise antropológica sobre a construção da imagem pública do "gaúcho coração do Rio Grande"

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Remixando Teixeirinha : uma ánalise antropológica sobre a construção da imagem pública do "gaúcho coração do Rio Grande"
Autor Reis, Nicole Isabel dos
Orientador Oliven, Ruben George
Data 2010
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social.
Assunto Antropologia social
Artistas
Fãs
Identidade social
Imagem pública
Música popular
Rio Grande do Sul
Teixeirinha, 1927-1985
[en] Fan mail
[en] Fans
[en] Popular music
[en] Public image
[en] Teixeirinha
Resumo Esta pesquisa trata das maneiras pelas quais a imagem pública do artista popular gaúcho Vitor Mateus Teixeira, conhecido como Teixeirinha – que morreu em 1985, depois de uma longa carreira de sucesso no Brasil e no exterior na música e no cinema – é construída, percebida e colocada em circulação. Através de uma etnografia das manifestações de seus fãs no cemitério da Santa Casa, das correspondências dos fãs, dos discursos da imprensa escrita e televisiva sobre o artista, e dos projetos de vários agentes dedicados à gestão de sua imagem pública, especialmente aqueles conduzidos por sua família, representada pela Fundação Vítor Mateus Teixeira, eu tento mostrar como a imagem de um ídolo popular pode se tornar um objeto de disputas. Além disso, argumento que a trajetória de um “herói” do povo pode, através de um viés antropológico, ser tomada como uma espécie de lente através da qual se pode colocar em evidência muitas dimensões do imaginário e da memória coletiva da sociedade brasileira.
Abstract This research is about the ways through which the public image of gaucho popular artist Vitor Mateus Teixeira, known as Teixeirinha – who passed away in 1985, after a long successful career in Brazil and abroad in the music and cinema business – is built, acknowledged and placed into circulation nowadays. Through an ethnography of his fans’ manifestations at the Santa Casa cemetery, of fan mail, of the discourse from the press about the artist, and the projects of the various agents dedicated to the management of his current image, especially the ones conducted by his family, represented by the Vitor Mateus Teixeira Foundation, and the press from Rio Grande do Sul, I try to show how this image of a popular idol can become a disputed object. Besides that, I argument that the trajectory of a popular "hero" can, through an anthropological bias, be taken as a type of lens, which is able to place in evidence many dimensions of the imaginary and of the collective memory of the Brazilian society.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/25897
Arquivos Descrição Formato
000755547.pdf (10.85Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.