Repositório Digital

A- A A+

Biodeterioração de misturas de diesel e biodiesel e seu controle com biocidas

.

Biodeterioração de misturas de diesel e biodiesel e seu controle com biocidas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Biodeterioração de misturas de diesel e biodiesel e seu controle com biocidas
Outro título Biodeterioration of diesel and biodiesel blends and its control with biocide
Autor Bücker, Francielle
Orientador Bento, Fatima Menezes
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Microbiologia Agrícola e do Ambiente.
Assunto Biodegradação
Biodiesel
Combustíveis
Contaminação
Praguicidas
Resumo Durante o armazenamento, as vantagens do biodiesel tais como a biodegradabilidade, a afinidade pela água e a ausência de aromáticos, podem tornar o combustível ainda mais suscetível a contaminação microbiana, comprometendo a qualidade final do produto. Neste sentido, avaliou-se a suscetibilidade a biodeterioração de misturas de diesel com 5, 10 e 20% de biodiesel e de somente de biodiesel, por microrganismos isolados de tanques contaminados, e seu controle com biocidas. Em sistemas contendo meio mínimo mineral e misturas diesel/biodiesel, verificou-se que após 60 dias de crescimento, Paecilomyces sp. formou maior biomassa na formulação B20, Aspergillus fumigatus em B100, e, durante o tempo de crescimento de Candida silvicola e Rhodotorula sp., a maior biomassa foi formada em B100. Candida silvicola apresentou maior capacidade de degradação do biodiesel puro (B100) por cromatografia gasosa acoplada a espectroscopia de massas. As concentrações de 10 e 100ppm apresentaram ação biocida, para os antimicrobianos isotiazolona e oxazolidina, respectivamente. A ação esporicida para ambos biocidas foi de 100ppm.
Abstract During the storage, the benefits of biodiesel such as biodegradability, the affinity with the water and the absence of aromatic hydrocarbons makes the fuel even more susceptible to microbial contamination, what affects the quality of the final product. In this sense, the susceptibility to biodeterioration of mixed diesel with 5, 10 and 20% biodiesel and pure biodiesel, by isolated microorganisms from contaminated tanks, and its control with biocides were evaluated. In systems containing minimal medium and mineral mixtures diesel / biodiesel, after 60 days of growth, Paecilomyces sp. formed more biomass in the formulation B20, Aspergillus fumigatus in B100. During the growth period of Candida silvicola and Rhodotorula sp., the largest biomass was formed in B100. Candida silvicola demonstrated great capacity of B100 degradation in evaluation by gas chromatography coupled to mass spectrometry. From the evaluation of minimum inhibitory concentration and biocide, it was determined that in mineral medium and diesel / biodiesel and biocide isotiazolona and the oxazolidina, concentrations of 10ppm and 100ppm were, respectively, esporicides. The concentration of 100ppm, of the both products, was biocidal for the yeasts evalueted.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/25902
Arquivos Descrição Formato
000755693.pdf (2.569Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.