Repositório Digital

A- A A+

Jornalismo, fragmentação e complexidade : uma revisão teórica

.

Jornalismo, fragmentação e complexidade : uma revisão teórica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Jornalismo, fragmentação e complexidade : uma revisão teórica
Autor Mozzini, Camila
Orientador Barros, Ana Taís Martins Portanova
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Comunicação Social: Habilitação em Jornalismo.
Assunto Jornalismo : Aspectos teóricos
Resumo O presente estudo busca realizar uma revisão teórica do processo de consolidação do jornalismo brasileiro, relacionando-o à fragmentação do homem e do conhecimento científico. Para tal, analisa-se a aproximação entre o método jornalístico e o proposto pela ciência Moderna, que tem como características a imparcialidade, a objetividade, a busca pela verdade e a separação entre sujeito e objeto. Questionando a consolidação de tal padrão no fazer jornalístico, propõe-se a teoria da Complexidade como possibilidade de arejamento tanto no jornalismo enquanto prática quanto na epistemologia dos diversos campos de conhecimento científico. Assim, busca-se a formulação de concepções menos atrofiadas, que não entendam o homem somente enquanto um ser dotado de razão, mas também de outras esferas que compõem o seu ser e estar no mundo.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/25967
Arquivos Descrição Formato
000755860.pdf (792.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.