Repositório Digital

A- A A+

O significado da formação para egressos da escola técnica de enfermagem do hospital de clínicas de Porto Alegre

.

O significado da formação para egressos da escola técnica de enfermagem do hospital de clínicas de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O significado da formação para egressos da escola técnica de enfermagem do hospital de clínicas de Porto Alegre
Autor Fernandes, Fernanda dos Santos
Orientador Meyer, Dagmar Elisabeth Estermann
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Educação em saúde
Enfermagem : Prática profissional
Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Escola Técnica de Enfermagem.
Técnico em enfermagem
Resumo Trata-se de um estudo com abordagem qualitativa, do tipo exploratória, realizado com egressos do curso técnico de enfermagem da Escola Técnica de Enfermagem (ETE) do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). O objetivo inicial era compreender o significado da formação técnica em enfermagem para a última turma de egressos da ETE (formandos 2008). Entretanto, durante a coleta de dados, realizada através de entrevistas, o estudo tomou uma nova direção, pois os discursos das participantes conduziram para uma reflexão/análise sobre o distanciamento entre a formação e a atuação profissional, e a realidade de trabalho dos técnicos de enfermagem. O referencial teórico adotado para o estudo foi o mesmo que embasa o currículo do curso técnico de enfermagem da ETE: a pedagogia libertadora e a pedagogia das competências. O projeto deste estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do HCPA e as participantes assinaram o Consentimento Livre e Esclarecido. As informações coletadas nas entrevistas foram submetidas a uma análise temática, em três etapas: pré-análise, exploração do material e tratamentos dos resultados. As participantes relataram que a escolha do curso foi orientada, principalmente, pelo conceito do HCPA, o que mais tarde, na atuação profissional, foi motivo de expectativas e cobranças. Ao mesmo tempo em que falaram sobre momentos significativos e sobre a qualidade do processo de ensino-aprendizagem no curso, as participantes também apontaram lacunas no mesmo. Também relataram a necessidade de contextualização do processo de ensino-aprendizagem e de investir mais na execução de procedimentos técnicos durante o curso. Outras situações vividas na atuação profissional foram a sobrecarga de trabalho e o desempenho de atividades de competência do enfermeiro, motivo de angústias e conflitos.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/25969
Arquivos Descrição Formato
000756085.pdf (432.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.