Repositório Digital

A- A A+

A educação em ciências biológicas na educação de jovens e adultos (EJA) : uma experiência etnográfica na escola

.

A educação em ciências biológicas na educação de jovens e adultos (EJA) : uma experiência etnográfica na escola

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A educação em ciências biológicas na educação de jovens e adultos (EJA) : uma experiência etnográfica na escola
Autor Kutter, Ana Paula Zandonai
Orientador Eichler, Marcelo Leandro
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde.
Assunto Ciencias biologicas : Ensino
Educação de jovens e adultos
Ensino médio
Etnografia
[en] Biological science
[en] Ethnography
[en] Science education
[en] Youth and adult education
Resumo Este trabalho é resultado de uma experiência etnográfica que durou três anos, junto a turmas da Educação de Jovens e Adultos (EJA) do Ensino Médio, nas aulas de Biologia, em uma escola estadual no município de Torres – RS. O objetivo geral deste trabalho foi o de vivenciar, através da observação participante, situações que me permitissem apreender informações sobre a cultura da escola (intersubjetividades, padrões de comportamentos, discursos, por exemplo). A finalidade específica – a interpretação da cultura desse ambiente escolar – tornou possível identificar categorias etnográficas. Primeiramente, identifiquei que a Educação Biocêntrica – linha pedagógica que fundamenta a Educação em Ciências Biológicas no contexto estudado – faz parte do sistema de valores que sustenta discursos, ações e intersubjetividades nesse ambiente escolar. A influência da Educação Biocêntrica, apoiada pela professora de Biologia, é identificada não apenas em suas aulas, mas na filosofia dessa instituição estadual que incorporou como traços culturais, diversos elementos dessa linha pedagógica: o respeito aos instintos humanos, a busca pela afetividade, pela consciência corporal, pela socialização, entre outros. Evidenciou-se que a cultura da escola exerce uma influência bem específica nesse grupo, de forma que a apropriação dos conhecimentos de Ciências Biológicas, pelos alunos da EJA, parece ocorrer de forma mais efetiva nas temáticas em torno dos conteúdos corpo humano e saúde, em detrimento dos conteúdos ecologia e meio ambiente. Com base na dimensão social do comportamento manifesto foram evidenciadas duas categorias de estudantes dessa modalidade: o ser e o estar aluno da EJA. A primeira categoria é representada por alunos com defasagem escolar mais acentuada, provocada por movimentos migratórios, ou problemas de ordem pessoal, que afastaram essa parcela de alunos por mais de cerca de dez anos da escola. A segunda representa a parcela de alunos com defasagem escolar menor, mas que desistiram do ensino regular por encontrar na EJA uma opção mais rápida de formação em nível médio. Tais categorias relativizadas são generalizáveis considerando a modalidade em outros contextos semelhantes. Concluímos que a Educação Biocêntrica, interpretada como parte constituinte da cultura da escola, tem uma influência muito mais evidente e significativa para a primeira categoria de estudantes, aqueles que são alunos da EJA, enquanto que para a segunda categoria não têm o mesmo significado.
Abstract This research is the result of an ethnographic experience that lasted three years with classes of the education of and adult education (EJA) high school biology classes, in a State school in the municipality of torrés – RS. The overall objective of this work was participating instrumentalization through observation, situations I could seize information about the culture of school (intersubjetividades, patterns of behaviour, speeches). The specific purpose – that the interpretation of culture – school environment made it possible to identify categories etnográficas, which were subjected to analysis ethnological. First, I have identified that the Biocentric education – line behind the biological sciences education studied in context is part of the system of values which underpins the actions, speeches, intersubjetividades intolérable school. The influence of education Biocentric education – preached by Professor of biology is identified not only in their lessons, but in the philosophy of this institution that incorporated as cultural traits, various elements of this educational line: the respect of human instincts, the quest for warmth, body awareness, socialização, and others. Was that the culture of school specific influence well in this group, so that the ownership of biological sciences knowledge by pupils of the EJA, seems to occur, more effectively in thematic around human body content, health detriment to the environment, ecology content. Were highlighted two categories of homestay students, based on the social dimension of behavior that submitted: and be student EJA. The first category is represented by school students with more pronounced lag caused by migratory movements, health problems, socio-economic difficulties that have moved this portion of students for more than ten years of school. The second represents the portion of students with lower school, but lag that regular education did not find in the EJA a fastest average level training. Such categories are sometimes generalizable whereas modality similar in other contexts. We found that education Biocentric education – interpreted as constituent part of the culture of the school, has many more clear and meaningful to the first category of students: those who are students of EJA, while for the second category do not have the same meaning.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/26061
Arquivos Descrição Formato
000756112.pdf (2.016Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.