Repositório Digital

A- A A+

Determinação da influência do tipo e localização de abertura nas pressões internas médias em pavilhões industriais

.

Determinação da influência do tipo e localização de abertura nas pressões internas médias em pavilhões industriais

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Determinação da influência do tipo e localização de abertura nas pressões internas médias em pavilhões industriais
Autor Guarienti, Lucas Alves
Orientador Loredo-Souza, Acir Mércio
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo Este trabalho tem por objetivo a comparação entre métodos analítico e experimental para a determinação das pressões internas em pavilhões industriais. Com isso, deseja-se verificar qual a influência que o tipo e a localização de aberturas exercem sobre os coeficientes de pressão interna no pavilhão estudado. Os resultados analíticos tiveram sua fundamentação baseada pela NBR 6123/1988 e na bibliografia estudada. Os resultados práticos adviram de ensaios realizados em túnel de vento. Como o procedimento para cálculo das pressões internas de acordo com a Norma considera somente a área das aberturas, é objetivo do trabalho demonstrar que nem só a área exerce influência nas pressões internas, mas também a forma, o tipo, a geometria e a localização das aberturas constantes nas faces de pavilhões industriais. Com os resultados analíticos e experimentais, pode-se mensurar as diferenças em termos numéricos. O trabalho aborda nove casos de um mesmo pavilhão com diferentes combinações de aberturas em suas faces. As diferenças entre os métodos de cálculo foram analisadas caso a caso e determinou-se diferenças entre resultados analíticos e experimentais. É estipulada uma parametrização para essas diferenças e hierarquizada a relação de influência do tipo de abertura nas pressões internas para o pavilhão considerado no trabalho. Para todos os nove casos estudados, a constatação foi de que o caso com aberturas laterais correspondentes a uma vez à área da abertura do oitão frontal obteve maior diferença entre o método analítico e o experimental, seguido pelo caso em que não havia abertura lateral, e finalmente pelo caso em que a abertura lateral correspondia à metade da área da abertura do oitão frontal.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/26069
Arquivos Descrição Formato
000755670.pdf (1.016Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.