Repositório Digital

A- A A+

Comparações entre as reações obtidas através das análises elástica e plástica de lajes maciças de concreto armado

.

Comparações entre as reações obtidas através das análises elástica e plástica de lajes maciças de concreto armado

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Comparações entre as reações obtidas através das análises elástica e plástica de lajes maciças de concreto armado
Autor Somavilla, Natasha Müller
Orientador Schwingel, Rubem Clecio
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo As lajes maciças de concreto armado executadas em edifícios de alvenaria estrutural têm por objetivo absorver as cargas do pavimento e distribuí-las às paredes de blocos estruturais. A análise do carregamento transferido para os apoios é de grande importância, uma vez que a resistência do bloco deve ser definida também em função destas cargas. São conhecidos dois métodos para determinar como ocorre esta transferência, as análises plástica e elástica. O método das charneiras plásticas, baseado na análise plástica, é o mais utilizado em escritórios de Engenharia Estrutural, entretanto, sabe-se que a aplicação do Método dos Elementos Finitos pode apresentar resultados mais próximos da realidade uma vez que transforma o todo em pequenos elementos. Para a aplicação da análise numérica tomam-se por base os princípios da análise elástica das estruturas de placa. Neste trabalho busca-se uma comparação entre estas análises através da aplicação de ambos os métodos nas lajes de um pavimento tipo de um edifício residencial executado em alvenaria estrutural. Foi realizado, inicialmente, o pré-dimensionamento das lajes de modo a garantir uma espessura similar à obtida após um dimensionamento completo das estruturas e os carregamentos das mesmas foram definidos. Após, foram aplicados o Método dos Elementos Finitos e uma simplificação do método das charneiras plásticas de modo a obter a distribuição do carregamento calculado anteriormente para os elementos de apoio das lajes. Foram realizados gráficos com os resultados obtidos para ambos os métodos nos quais se percebeu que a análise plástica gera valores uniformes ao longo de todo o apoio, enquanto na análise elástica obtêm-se um gráfico similar a uma parábola invertida, evidenciando uma maior concentração de carga no centro do apoio. Os valores obtidos em ambos os casos para lajes retangulares são bastante próximos enquanto para o caso de lajes de geometrias variadas os valores de carga apresentam-se maiores na análise elástica. Sendo assim, a análise plástica possui uma boa aproximação dos valores de carga, porém para casos mais específicos pode ser necessária uma análise mais refinada da laje em questão.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/26073
Arquivos Descrição Formato
000755765.pdf (1.485Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.