Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da vivência de quase-morte em doença pulmonar obstrutiva crônica grave através do teste de transtorno do estresse póstraumático

.

Avaliação da vivência de quase-morte em doença pulmonar obstrutiva crônica grave através do teste de transtorno do estresse póstraumático

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da vivência de quase-morte em doença pulmonar obstrutiva crônica grave através do teste de transtorno do estresse póstraumático
Autor Porto, Lúcia da Silva
Orientador Menna Barreto, Sérgio Saldanha
Co-orientador Lima, Pedro Antônio Schmidt do Prado
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas.
Assunto Asfixia
Dispnéia
Doença pulmonar obstrutiva crônica
Transtornos de estresse pós-traumáticos
Resumo O presente estudo se propõe a examinar a relação entre o transtorno de estresse póstraumático (TEPT) e a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), através da avaliação da vivência de quase-morte. Avalia 38 pacientes com DPOC e encontra uma correlação inversa e significativa entre a DPOC, aferida através do volume expiratório forçado no primeiro segundo (VEF¹), e o TEPT, medido através do Screen for Posttraumatic Stress Symptoms, resultando que, quanto maior a limitação respiratória dos pacientes, maior a pontuação no teste que avalia estresse pós-traumático. O grau de sintomas de estresse pós-traumático aumenta à medida que a capacidade respiratória do paciente piora. Além disso, também avaliamos a relação entre ansiedade e DPOC, empregando o inventário de Beck para ansiedade, bem como a relação entre depressão e DPOC, empregando o inventário de Beck para depressão, confirmando dados da literatura.
Abstract This study aims at studying the relation between posttraumatic stress disorder (PTSD) and chronic obstructive pulmonary disease (COPD) assessing the near-death experience. It assesses 38 COPD patients and determines the existence of an inverse and significant correlation between COPD measured by forced expiratory volume at the first second (FEV¹) and PTSD measured by the Screen for Posttraumatic Stress Symptoms, and finds that: a greater patient respiratory restriction corresponds to a higher score in the PTSD test. The severity of PTSD symptoms increases as the patient’s respiratory capacity worsens. The relation between anxiety and COPD is also assessed by the Beck anxiety inventory, as well as the relation between depressions and COPD by the Beck depression inventory, thus confirming literature data.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/26118
Arquivos Descrição Formato
000756021.pdf (929.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.