Repositório Digital

A- A A+

Diversidade de insetos galhadores em uma região de Floresta Ombrófila Mista, Município de São Francisco de Paula, Rio Grande do Sul, Brasil

.

Diversidade de insetos galhadores em uma região de Floresta Ombrófila Mista, Município de São Francisco de Paula, Rio Grande do Sul, Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Diversidade de insetos galhadores em uma região de Floresta Ombrófila Mista, Município de São Francisco de Paula, Rio Grande do Sul, Brasil
Autor Wenzel, Cristina Rodrigues
Orientador Mendonca Junior, Milton de Souza
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Ciências Biológicas: Bacharelado.
Assunto Antropização
Insetos
[en] Anthropization
[en] Cecidomyiidae
[en] Neotropical region
[en] Species richness
Resumo Diversidade de insetos galhadores em uma região de Floresta Ombrófila Mista, Município de São Francisco de Paula, Rio Grande do Sul, Brasil. Os insetos galhadores são herbívoros especializados que, com o desenvolvimento de galhas, superaram dificuldades de obtenção de alimento e ainda adquiriram proteção contra inimigos naturais. Vantagens no uso dessa guilda em monitoramento ambiental são claras por causa de sua especificidade extrema com suas plantas hospedeiras, sua resposta a mudança nos habitats e por apresentarem facilidade de identificação através da morfologia das galhas. A análise da diversidade de insetos galhadores da região Neotropical adiciona um maior entendimento na dinâmica das comunidades herbívoras. Seis transecções foram amostradas em Floresta Ombrófila Mista para contemplar vegetações em três diferentes estágios de modificação antrópica. Foram realizadas quatro saídas durante um ano. Cada transecção foi exaustivamente amostrada durante 1h30min em cada saída de campo, procurando por evidencias de galhas. Após um esforço amostral de 72 horas, foram encontradas 149 espécies de insetos galhadores de diferentes grupos taxonômicos, reforçando o padrão para a região Neotropical com a predominância de dípteros da família Cecidomyiidae. Os resultados obtidos sustentaram a hipótese que famílias com maior número de espécies de plantas têm maior riqueza de morfotipos de galhas. A riqueza total de galhadores nas trilhas preservadas foi significativamente maior do que das trilhas intermediárias e alteradas, corroborando a hipótese de que galhadores são bioindicadores de ambientes em boas condições. A composição de galhadores também foi significativamente diferente entre as trilhas preservadas se comparadas às demais trilhas com maior grau de antropização. Esse estudo demonstrou que áreas com diferentes graus de antropização influenciam na riqueza e composição de insetos galhadores e adicionou um maior conhecimento para ecologia da Mata Atlântica.
Abstract Galling insect diversity in a mixed ombrophilous forest region, Municipality of São Francisco de Paula, Rio Grande do Sul, Brazil. The Galling insects are highly specialized herbivores that overcame feeding difficulties and also obtained protection from natural enemies with the development of galls. There are clear advantages in using this guild in environmental monitoring studies because of its extreme specificity with their host plants, its response to habitat changes and easy identification through the gall’s morphology. The analysis of the galling insect diversity in Neotropical region adds a better understanding of the herbivores communities’ dynamics. Six transects were sampled in a Mixed Ombrophilous Forest to contemplate vegetations in three different stages of anthropogenic modification. A total of four field trips were made during a year. Each transect were exhaustively sampled for over 1h30min, in each field trip looking for galls evidences. After a sampling effort of 72 hours, were found 149 species of galling insects from different taxonomic groups, strengthening the expected pattern for the Neotropical region with predominance of Diptera from the Cecidomyiidae family. The obtained results supported the hypothesis that the families with the most numbers of plant species have more richness of gall’s morphotypes. The total richness of galling insects founded in preserved trails was significantly different from the intermediated and altered trails, supporting the hypothesis that galling insects are bioindicators of preserved environments. The galling insects composition was also significantly different from preserved trails compared to other trails with higher human disturbance. This study showed that areas with different degrees of anthropogenic changes influences in the richness and composition of the galling insects and increased the ecology knowledge of Neotropical region.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/26165
Arquivos Descrição Formato
000757101.pdf (2.753Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.