Repositório Digital

A- A A+

Clevosaurus brasiliensis (lepidosauria, sphenodontia) do triássico superior do Rio Grande do Sul : anatomia pós-craniana e relações filogenéticas

.

Clevosaurus brasiliensis (lepidosauria, sphenodontia) do triássico superior do Rio Grande do Sul : anatomia pós-craniana e relações filogenéticas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Clevosaurus brasiliensis (lepidosauria, sphenodontia) do triássico superior do Rio Grande do Sul : anatomia pós-craniana e relações filogenéticas
Outro título Clevosaurus brasiliensis(lepidosauria, sphenodontia )from the upper Triassic of Rio Grande do Sul: post- cranial anatomy and phylogenetic realtionships
Autor Arantes, Bruno de Amorim
Soares, Marina Bento
Schultz, Cesar Leandro
Resumo Sphenodontia é o táxon numericamente mais abundante de uma paleofauna proveniente da Formação Caturrita do Rio Grande do Sul (Triássico Superior), composta predominantemente por microvertebrados. Até o momento, apenas dois sincrânios (UFRGS-PV0613T e UFRGS-PV0748T) foram formalmente descritos por Bonaparte & Sues, em 2006. A partir deles foi erigida uma nova espécie, Clevosaurus brasiliensis, e formalizada a família Clevosauridae, composta por Clevosaurus, Brachyrhinodon e Polysphenodon. Este trabalho apresenta uma descrição anatômica de elementos póscranianos de C.brasiliensis, com base em mais de 25 espécimes. Entre os materiais foram identificados vértebras dorsais, sacrais e caudais, fêmur, tíbia, fíbula e falanges. Em geral, a morfologia do esqueleto pós-craniano é muito similar à de outras espécies de Clevosaurus (e.g. C. hudsoni, C. bairdi). Constatou-se, no entanto, que a espécie brasileira, em se tratando de indivíduos adultos, é notavelmente menor que a maioria dos outros esfenodontes. As informações anatômicas obtidas foram utilizadas, juntamente com os caracteres cranianos, em uma análise filogenética, a fim de estabelecer o posicionamento de C. brasiliensis dentro do clado Sphenodontia. A matriz de dados foi construída com base em 18 táxons e 67 caracteres. O cladograma resultante confirma a estreita relação da espécie brasileira com Clevosaurus hudsoni e atesta a consistência da família Clevosauridae.
Abstract Sphenodontia is the most abundant taxon from the Caturrita Formation (Upper Triassic) paleofauna, which is composed predominantly by microvertebrates. However, only two syncrania (UFRGS-PV0613T e UFRGS-PV0748T) were formally described by Bonaparte & Sues in 2006 so far. Based on these materials, a new species Clevosaurus brasiliensis, was erected and the Clevosauridae family was formalized being composed by Clevosaurus, Brachyrhinodon and Polysphenodon. This work presents an anatomic description of the post-cranial skeleton of C. brasiliensis based on more than 25 specimens. Among the materials, dorsal, sacral and caudal vertebrae, femora, tibiae and fibulae were identified. Generally, the post-cranial skeleton presents the typical features of the sphenodontians, and the morphology of the bones is very similar to those of other species of Clevosaurus (e.g. C. hudsoni, C. bairdi). However, the adult individuals of the Brazilian species are notably smaller than most of the other sphenodontians. The anatomic information obtained was used, together with the cranial characters, in a phylogenetic analysis to establish the position of C. brasiliensis in the Sphenodontia clade. The data matrix was built with 18 taxa and 67 characters. The resulting cladogram confirms the close relationship between the Brazilian species with Clevosaurus hudsoni and attests the consistency of the Clevosauridae family.
Contido em Revista brasileira de paleontologia. Vol. 12, n. 1 (jan./abr. 2009), p. 43-54
Assunto Formação Caturrita
Paleontologia
Triassico superior : Rio Grande do Sul
[en] Caturrita formation
[en] Clevosauridae
[en] Sphenodontia
[en] Upper triassic
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/26217
Arquivos Descrição Formato
000696182.pdf (3.607Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.