Repositório Digital

A- A A+

Estudo dos procedimentos internos para a prevenção e combate à lavagem de dinheiro na Agência Chuí - Banco do Brasil S/A

.

Estudo dos procedimentos internos para a prevenção e combate à lavagem de dinheiro na Agência Chuí - Banco do Brasil S/A

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo dos procedimentos internos para a prevenção e combate à lavagem de dinheiro na Agência Chuí - Banco do Brasil S/A
Autor Carvalho, Fábio da Costa
Orientador Pinheiro, Ivan Antonio
Data 2009
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Especialização em Gestão de Negócios Financeiros a Distância - 2008.
Assunto Banco do Brasil.
Lavagem de dinheiro
Prevenção
Resumo A presente monografia trata do aspecto instrumental das atividades de prevenção e combate à lavagem de dinheiro, no âmbito de uma agência de fronteira com o Uruguai. Busca colocar em discussão aspectos relacionados à condução dos procedimentos internos à luz das normas, orientações e imperativos legais, por parte dos funcionários encarregados do atendimento de clientes. Examinando-se a importância do tema, a considerar a verdadeira guerra travada por diversos países, inclusive, o Brasil, contra o crime organizado e o seu financiamento, compilou-se alguns fundamentos dos ilícitos que antecedem ao crime de lavagem de dinheiro, suas manobras e implicações nefastas contra a sociedade. Derradeiramente, as instituições financeiras representam a principal porta de entrada do “dinheiro sujo”, proveniente de crimes previstos na Lei 9613/1998, sendo os funcionários dessas instituições soldados que fazem a linha de frente contra o avanço do crime. É de fundamental importância seu labor para eficiência do ciclo construído pós 1998, quando foi penalmente tipificado o crime de lavagem de dinheiro no Brasil e instituídos agentes de controle, fluidez de informações entre instituições financeiras e tecnologia avançada para monitoramento das movimentações dos clientes. A Lei, também, determinou obrigações e cominações para as instituições financeiras e, por conseqüência, seus colaboradores. Por essa razão o presente estudo objetiva traçar um parâmetro entre as nuances legais e administrativas e a realidade do dia-a-dia das pessoas que devem observá-las e cumpri-las, muitas vezes em detrimento da realização de negócios primordiais à instituição. Por fim, sem aprofundar-se no universo das questões jurídicas que envolvem o tema “lavagem de dinheiro”, focouse uma das células pertencentes ao processo que busca preveni-la e combatê-la: funcionários que lidam materialmente com as situações fáticas que sinalizam o crime citado.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/26271
Arquivos Descrição Formato
000743233.pdf (134.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.