Repositório Digital

A- A A+

Avaliação metabólica de vacas leiteiras submetidas a diferentes estratégias de prevenção do balanço energético negativo no pós-parto

.

Avaliação metabólica de vacas leiteiras submetidas a diferentes estratégias de prevenção do balanço energético negativo no pós-parto

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação metabólica de vacas leiteiras submetidas a diferentes estratégias de prevenção do balanço energético negativo no pós-parto
Outro título Metabolic evaluation of dairy cows under three different strategies for preventing negative energy balance in early postpartum
Autor Barrera Garcia, Alejandra M.
Orientador Diaz Gonzalez, Félix Hilário
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Avaliação metabólica
Bioquimica veterinaria
Lipidose hepática
Pos-parto
Reprodução animal : Bovinos de leite
[en] Biochemical indicators
[en] Dairy cattle
[en] Early lactation
[en] Fatty liver
[en] Ketosis
Resumo No início da lactação, alterações metabólicas produto do severo balanço energético negativo (BEN) predispõem ao desenvolvimento de lipidose hepática e cetose. O objetivo deste trabalho foi avaliar, através de indicadores bioquímicos, a condição metabólica em vacas leiteiras, durante os primeiros 60 dias de lactação submetidas a três tratamentos preventivos que poderiam melhorar o status energético no início da lactação e por tanto, auxiliar na prevenção de lipidose hepática e cetose. Além disso, buscou-se definir quais dos parâmetros laboratoriais utilizados na avaliação da condição metabólica, seriam mais úteis no direcionamento do diagnóstico e prevenção de transtornos metabólicos por lipomobilização. Cinquenta e quatro vacas multíparas da raça Holandesa foram alocadas em quatro grupos: controle, precursor da glicose (1-2 propaneidol: propileno-glicol: 300 mL/48 horas), protetor hepático (Mercepton:20 mL/48 horas), e suplemento energético (ácidos graxos poli-insaturados protegidos: Megalac-E:250 g/vaca/dia), administrados durante os primeiros 30 dias após o parto. Amostras de sangue e urina foram coletadas nos dias 0, 7, 14, 21, 28, 35, 42 e 49 após o parto, no horário da tarde antes da segunda ordenha, e realizou-se avaliação do escore da condição corporal (ECC) em cada amostragem. Foram coletadas amostras de soro e plasma para análise de ácidos graxos não esterificados (NEFA), albumina, aspartato-aminotransferase (AST), ß-hidroxibutirato (BHB), colesterol, glicose, globulinas, proteína total, triglicerídeos e uréia, através de espectrofotometria utilizando kits diagnósticos. Na urina, determinou-se o pH e corpos cetônicos. No presente trabalho foram considerados pontos de corte para cetose subclínica concentrações séricas de BHB ≥1,4 mmol/L e de NEFA ≥ 0,7 mmol/L. Foi encontrada uma incidência de 24% para cetose subclínica. Os resultados do presente estudo não demonstram o efeito preventivo de nenhum dos três tratamentos, confirmando que até agora não existe tratamento para superar o BEN. Valores séricos de AST, colesterol total e BHB, assim como a determinação de corpos cetônicos na urina são bons parâmetros bioquímicos no diagnóstico e prognóstico de lipomobilização no pós-parto inicial.
Abstract In early lactation dairy cattle experience metabolic alterations, caused by severe negative energy balance (NEB). This disbalance predisposes the development of fat liver and ketosis. The aim of this study was to evaluate a metabolic condition by biochemical indicators in high yielding dairy cows (≥25 kg/day) during the first sixty days of lactation. Cows were subjected to three preventive treatments that we hypothesed could improve the energy status in early lactation and therefore aid in the prevention of fat liver and ketosis. In addition, the trial had the aim of defining which of those laboratory parameters used for evaluating metabolic condition would be more useful for diagnostic and prevention of metabolic disease resulted from lipolysis. Fifty four multiparous Holstein cows were divided into four groups: control, glucose precursor (1-2 propaneidol - propylen-glyol: 300 mL/48 hours), hepatic protector (Mercepton 20 mL/ 48 hours), and protected fatty acids poli-unsaturated (Megalac-E: 250 g/cow/day). Blood and urine samples were collected on days 0, 7, 14, 21, 28, 35, 42 e 49 postpartum and in each period body condition score (BCS) was evaluated. Blood concentrations of non-esterified fatty acids (NEFA); albumin, AST, ß-hydroxybutyrate (BHB), total cholesterol, glucose, total protein, urea and triglycerides were determined through espectrophotometry by diagnostic kits. In urine determinations of ketone bodies and pH were performed. In the present study a cut-off point for subclinical ketosis was defined when blood concentration of BHB ≥1,4 mmol/L and concentration of blood NEFA ≥ 0,7 mmol/. The incidence of subclinical ketosis was 24%. The results of the present study do not demonstrate the preventive effect of any of the three treatments for overcoming the NEB. Serum levels of AST, total cholesterol and BHB and urine ketone bodies are good biochemical parameters for the diagnostic and prevention of lipolysis in early postpartum.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/26412
Arquivos Descrição Formato
000758733.pdf (820.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.