Repositório Digital

A- A A+

De uma escrita com função de testemunho : abordagem psicanalítica da transmissão da experiência

.

De uma escrita com função de testemunho : abordagem psicanalítica da transmissão da experiência

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título De uma escrita com função de testemunho : abordagem psicanalítica da transmissão da experiência
Autor Reis, Márcia Giovana Pedruzzi
Orientador Poli, Maria Cristina Candal
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional.
Assunto Escrita : Psicanálise
Experiências de vida
Transmissão cultural
[en] Experience
[en] Psychoanalysis
[en] Testimony
[en] Transmission
[en] Writing
Resumo Abalizado no paradigma psicanalítico de pesquisa, e na ética de incluir como dimensão fundamental o olhar lançado às expressões da cultura do nosso tempo, este trabalho propõe interrogar a respeito de uma escrita com função de testemunho na justa transmissão de um processo categoricamente singular: a experiência de um percurso analítico pessoal. Nestas narrativas em primeira pessoa, descobrimos um campo de criação e compartilhamento em que seria possível problematizar de que modo se transmite a experiência e o que dela se transmite nos dias de hoje. Deparamo-nos, pois, com a singularidade e potência da experiência testemunhada em um relato de análise, na transmissão de algo que foi preciso primeiramente viver para, num tempo outro, na dimensão de um a posteriori, poder compartilhar. Como ponto de partida, trabalhamos com três escritas de percurso analítico, das quais trazemos notícia sob a forma de relato, por meio do qual se possa de alguma forma contar o que da obra nos transmitiu. No desígnio de trabalhar esta articulação entre a escrita e a transmissão da experiência, abordar as dimensões da memória e da temporalidade tornou-se fundamental, atentando-nos à noção de après-coup, ao bem demarcar a distinção entre vivência, o campo da experiência e o tempo do testemunho. Igualmente, outros motes mostraram-se capitais, tal como a questão da autenticação da experiência, a relação entre transferência e transmissão, o estilo implicado na escrita e a partir dela, bem como a respeito da posição enunciativa e de endereçamento deste que narra. O olhar estendido a estas obras demarca uma posição de valorização do testemunho, em que, na tensão entre sujeito e cultura, opera-se uma condição ética de abertura a um lugar para a (re)construção da história singular deste sujeito que narra, bem como de um espaço de compartilhamento e transmissão à cultura. Interessamo-nos pelo que desta escrita nos passa, numa obra que, por sua potência reflexiva, pode vir a causar certas torções na ordem simbólica, que talvez façam referência a um acontecimento invisível e belo que se passa entre as pessoas, e que passa, per-passa, trans-passa e transmite.
Abstract Grounded on the psychoanalytic paradigm of research, and on the ethics of including as a fundamental dimension the observation of the cultural expressions of our time, this paper aims to query about a writing, which serves as testimony on the transmission of a categorically singular process: the experience of a subject‟s analytical process. In these narratives in the first person, we discover a domain of creation and sharing where it would be possible to consider the way experience is transmitted and what is transmitted from it, nowadays. We come across the singularity and the power of the experience witnessed on an analysis report, on the transmission of something that needed to be experienced before, in order to be shared at another posterior time, in the dimension of an a posteriori. As a starting point, we have worked with three writings of analytical process, from which we have managed to develop a report in order to convey the main points of the compositions. In order to bring the articulation between the writing and the transmission of the experience to light, it became elementary to approach the dimensions of memory and temporality, focusing on the notion of après-coup to delimit the distinction between experience, the field of experience and the time of the testimony. Equally, other themes have proven to be crucial, as the issue of the authentication of the experience, the relation between transference and transmission, the style implied on the writing and upon it, as well as regarding both the enunciative and the addressing position of the narrator. The careful observation of these compositions define the valuable position of the testimony, in which an ethical condition of opening to a place of (re)construction of the singular history of this narrator, as well as of a space of sharing and transmission occurs, through the tension between subject and culture. We are particularly interested on the outcome of this writing that might cause certain tortions on the symbolic order due to its reflexive potential, which may refer to an invisible, beautiful event occurring among people and that passes, perpasses, transpasses and transmits.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/26476
Arquivos Descrição Formato
000759146.pdf (1.172Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.