Repositório Digital

A- A A+

Processo de enfermagem em uma unidade de tratamento intensivo à luz da Teoria das necessidades humanas básicas

.

Processo de enfermagem em uma unidade de tratamento intensivo à luz da Teoria das necessidades humanas básicas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Processo de enfermagem em uma unidade de tratamento intensivo à luz da Teoria das necessidades humanas básicas
Autor Bordinhão, Rosaura Costa
Orientador Almeida, Miriam de Abreu
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto Educação em saúde
Horta, Wanda de Aguiar
Necessidades humanas básicas
Processos de enfermagem
Unidades de terapia intensiva : Enfermagem
[en] Data collection
[en] Health education
[en] Intensive care units
[en] Nursing process
[es] Educación en salud
[es] Procesos de enfermería
[es] Recolección datos
[es] Unidades de terapia intensiva
Resumo Trata-se de estudo exploratório descritivo com abordagem qualitativa sobre a primeira etapa do Processo de Enfermagem (PE). Teve como objetivo a construção de um instrumento de coleta de dados para pacientes de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), fundamentado na Teoria das Necessidades Humanas Básicas (NHB), a partir de instrumento existente em um hospital público de ensino. Essa construção ocorreu por meio da técnica de Grupo Focal, composto por quatro enfermeiras assistenciais da UTI e quatro enfermeiras residentes do segundo ano do programa de Residência Integrada em Saúde (RIS) na ênfase em Terapia Intensiva. As discussões produzidas em cada sessão do grupo focal foram analisadas conforme o preconizado por Horta, ou seja, grupos e subgrupos das Necessidades Humanas Básicas. Essa construção ficou estruturada em sete grupos: Identificação; História pregressa; História da doença atual; Avaliação geral; Avaliação das Necessidades Psicobiológicas; Avaliação das Necessidades Psicossociais; e, Avaliação das Necessidades Psicoespirituais. O grupo de Avaliação das Necessidades Psicobiológicas contém 11 subgrupos de necessidades: Regulação Neurológica; Oxigenação; Percepção dos Órgãos dos Sentidos; Regulação Cardiovascular; Alimentação e Eliminação Intestinal; Hidratação e Eliminação Urinária; Integridade Física; Segurança Física; Sono e Repouso; Cuidado Corporal; e, Sexualidade. O grupo de Avaliação das Necessidades Psicossociais ficou constituído por três subgrupos de necessidades: comunicação, gregária e segurança emocional. E o grupo de Avaliação das Necessidades Psicoespirituais ficou composto pelos subgrupos religião, religiosidade e espiritualidade. A testagem desse instrumento possibilitou que as participantes identificassem a ausência de alguns itens não sugeridos durante a sua construção e a necessidade da elaboração de um manual de orientação para o seu preenchimento. Esse manual foi construído após a versão final do instrumento e contém informações de semiologia do adulto, o que pode auxiliar na avaliação dos sinais e sintomas do paciente e servir como guia de consulta breve. Sugere-se para pesquisas futuras a validação do instrumento, verificando se os itens contemplados no mesmo possibilitam a identificação de Diagnósticos de Enfermagem prioritários em pacientes críticos. Também se recomenda a validação do manual de orientação. Outra sugestão é incluir o ensino do PE no programa de atividades da RIS, em consonância com a implantação dessa metodologia no campo das práticas. A aplicação do PE nas instituições de ensino objetiva a formação de profissionais cientes das suas responsabilidades assistenciais e educacionais, fornecendo-lhes subsídios para atuarem como multiplicadores de melhores práticas de cuidado em saúde e enfermagem.
Resumen Se trata de un estudio exploratorio descriptivo con abordaje cualitativo acerca de la primera etapa del Proceso de Enfermería (PE). Tuvo como objetivo construir un instrumento de recolección de datos para pacientes de una Unidad de Terapia Intensiva (UTI), fundamentado en la Teoría de las Necesidades Humanas Básicas (NHB), a partir de un instrumento ya existente en un hospital público de enseñanza. La construcción se hizo por medio de la técnica de Grupo Focal, compuesto por cuatro enfermeras asistenciales de la UTI y cuatro enfermeras residentes del segundo año del programa de Residencia Integrada en Salud (RIS), con énfasis en Terapia Intensiva. Las discusiones producidas en cada sesión del grupo focal se analizaron de acuerdo con lo establecido por Horta, es decir, grupos y subgrupos de las Necesidades Humanas Básicas. Dicha construcción se estructuró en siete grupos: Identificación; Historia precedente; Historia de la enfermedad actual; Evaluación general; Evaluación de las Necesidades Psicobiológicas y Evaluación de las Necesidades Psicoespirituales. El grupo de Evaluación de las Necesidades Psicobiológicas contiene 11 subgrupos de necesidades: Regulación Cardiovascular; Alimentación y Eliminación Intestinal; Hidratación y Eliminación Urinaria; Integridad Física; Seguridad Física; Sueño y Reposo; Cuidado corporal; y Sexualidad. El grupo de Evaluación de las Necesidades Psicosociales se constituyo por tres subgrupos de necesidades: comunicación, gregaria y seguridad emocional. Y el grupo de Evaluación de las Necesidades Psicoespirituales se compuso por los subgrupos religión, religiosidad y espiritualidad. La prueba del instrumento les posibilitó a los participantes identificar la ausencia de algunos ítems que no habían sido sugeridos durante su construcción, así como, la necesidad de elaboración de un manual de orientación para su llenado. Ese manual fue construido tras la versión final del instrumento y contiene informaciones de semiología del adulto, lo que puede auxiliar en la evaluación de las señales y síntomas del paciente y servir como guía de consulta breve. Se sugiere para investigaciones futuras la validación del instrumento, verificando si los ítems que encierra posibilitan la identificación de Diagnósticos de Enfermería prioritarios en pacientes críticos. Se recomienda, también, la validación del manual de orientación. Otra sugerencia es incluir la enseñanza del PE en el programa de actividades de la RIS, acorde a la implantación de esa metodología en el campo de las prácticas. La aplicación del PE en instituciones de enseñanza pretende formar profesionales conscientes de sus responsabilidades asistenciales y educacionales, ofreciéndoles recursos para que puedan actuar como multiplicadores de mejores prácticas de cuidado en salud y enfermería.
Abstract This is an exploratory descriptive study with a qualitative approach on the first stage of the Nursing Process (NP). The research aimed to build an instrument to collect data for patients of the Intensive Care Unit (ICU), based on the Theory of Basic Human Needs (BHN) from an existing instrument from a public teaching hospital. It happened through the technique of focus group, consisting of four clinical nurses of the ICU and four residents of the second year of the residency program in Integrated Health (RIS) with emphasis on intensive care. The discussions produced in each focus group session were analyzed as recommended by Horta; groups and subgroups of Basic Human Needs. The construct was structured into seven groups: Identity, Past Records, Current illness record, General assessment, Psychobiological Needs Assessment; Psychosocial Needs Assessment, and Psychospiritual Needs Assessment. The group of Psychobiological Needs Assessment is formed by 11 subgroups of needs: Neurological Regulation; Oxygenation; Perception of Sense Organs, Cardiovascular Regulation, Food and Intestinal Elimination; Hydration and Urinary Elimination, Physical Integrity, Physical Security, Sleep and Rest; Body Care; and Sexuality. The group of Psychosocial Needs Assessment was made up of three subgroups of needs: communication, gregarious, and emotional security. The group of Psychospiritual Needs Assessment was formed by the subgroups religion, religiosity, and spirituality.The testing of this instrument enabled the participants to identify the absence of some items not suggested during its construction, as well as the need to prepare a guidance manual for completing it. This handbook was built after the final version of the instrument and contains information on adult semiology, which can help assess the patient's signs and symptoms and serve as a guide for short consultation. It is suggested for future research the validation of the instrument, making sure that the items included enable the identification of priority Nursing Diagnoses in critical patients. It is recommended also the validation of the guidance manual. Another suggestion is to include the teaching of PE in the program of RIS activities, in line with the implementation of this methodology in practice. The application of PE in educational institutions aimed at training professionals aware of their responsibilities and educational assistance, providing them tools to act as multipliers of best practices in health care and nursing
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/26477
Arquivos Descrição Formato
000759200.pdf (1.729Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.