Repositório Digital

A- A A+

Degradação de vitelina e hemoglobina no carrapato bovino Rhipicephalus (Boophilus) microplus

.

Degradação de vitelina e hemoglobina no carrapato bovino Rhipicephalus (Boophilus) microplus

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Degradação de vitelina e hemoglobina no carrapato bovino Rhipicephalus (Boophilus) microplus
Autor Estrela, Andreia Bergamo
Orientador Termignoni, Carlos
Data 2008
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Centro de Biotecnologia do Estado do Rio Grande do Sul. Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular.
Assunto Hemoglobina
Rhipicephalus microplus
Resumo O presente trabalho caracterizou alguns aspectos enzimáticos da digestão de vitelina e de hemoglobina no carrapato bovino Rhipicephalus (Boophilus) microplus. Um novo protocolo foi desenvolvido para a purificação de uma cisteíno endopeptidase de larvas do carrapato (R. microplus Larval Cysteine Endopeptidase; RmLCE). A seqüência parcial de aminoácidos de RmLCE mostrou similaridade com outra cisteíno endopeptidase descrita neste organismo (Boophilus microplus Cathepsin -L1; BmCL1). Vitelina (Vt), preparada a partir de homogenatos de ovos e larvas de R. microplus, foi degradada diferencialmente por RmLCE e VTDCE (Vitellin-Degrading Cysteine Endopeptidase; uma enzima de atividade semelhante purificada de ovos de R. microplus). RmLCE também apresentou capacidade de degradação de hemoglobina em pH 4,0, e a presença de uma atividade cisteíno endopeptidásica acídica em intestino de larvas foi demonstrada. A atividade peptidásica total, presente em homogenatos de ovos, larvas e intestino de partenóginas, sobre substrato sintético em pH 4,0, mostrou-se diferencialmente susceptível a inibidores de cisteíno e aspártico endopeptidases (E-64 e pepstatina A, respectivamente). A ação combinada dos dois inibidores inibiu completamente a atividade peptidásica. Estes inibidores também afetaram a degradação de vitelina e hemoglobina por homogenatos de larvas e intestino de partenóginas. A presença de pepstatina A inibiu cerca de 50 % da atividade sobre hemoglobina em larvas, enquanto E-64 foi capaz de inibir completamente a degradação das proteínas por ambos os homogenatos. Um enzima com atividade aspártico endopeptidásica presente em larvas de R. microplus foi parcialmente purificada e identificada por Western blot e seqüenciamento N-terminal como Boophilus Yolk Cathepsin (BYC). Esta enzima foi eluída de uma coluna de gel-filtração em pH ácido associada a uma atividade cisteíno endopeptidásica. A degradação de hemoglobina de forma sinérgica pela aspártico endopeptidase (BYC) e a cisteíno endopeptidase (RmLCE) purificadas de larva indica a existência de uma cascata enzimática responsável pela digestão de hemoglobina. Estes resultados sugerem que RmLCE tem um papel continuo na digestão de vitelina e hemoglobina durante o desenvolvimento de R. microplus.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/26613
Arquivos Descrição Formato
000756234.pdf (3.152Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.