Repositório Digital

A- A A+

A mobilidade social do negro no Rio Grande do Sul : os efeitos da discriminação nas trajetórias de vida

.

A mobilidade social do negro no Rio Grande do Sul : os efeitos da discriminação nas trajetórias de vida

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A mobilidade social do negro no Rio Grande do Sul : os efeitos da discriminação nas trajetórias de vida
Autor Spolle, Marcus Vinicius
Orientador Anjos, José Carlos Gomes dos
Data 2010
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Sociologia.
Assunto Discriminação racial
Mobilidade social
Negro
Rio Grande do Sul
Trabalho
Resumo A proposta deste trabalho é investigar e analisar a mobilidade social do negro no Rio Grande do Sul a partir dos microdados da PNAD-96 (Pesquisa Nacional de Amostragem por Domicílio), observando as peculiaridades da trajetória desse grupo racial na sociedade gaúcha e, principalmente, os efeitos da discriminação racial ocorrida no processo de mobilidade social, que resultam na dificuldade do negro ascender socialmente a partir de um determinado patamar social, deixando esse grupo racial confinado em atividades menos valorizadas pelo mercado de trabalho e pela sociedade. A perspectiva da pesquisa é trabalhar com a análise do modelo matricial de mobilidade intergeracional, para o Estado, observando as diferentes trajetórias ocupacionais em duas gerações. Além disso, analisar, a partir de um estudo de caso, as estratégias de reconversão dos capitais sociais dos trabalhadores portuários negros, no período pós-abolição até a década 70, auge do prestígio da categoria e, depois, na década 90, dos trabalhadores pertencentes ao Sindicato dos Arrumadores do município de Pelotas, verificando as mudanças que incidiram de maneira negativa no prestígio da categoria.
Abstract This study is aimed at investigating and analyzing the social mobility of black people in Rio Grande do Sul, on the basis of PNAD-96 microdata (National Survey of Sampling by Domiciles in Brazil). Therefore, the trajectory peculiarities of such a racial group and mainly the possible effects of racial discrimination that occurred within this social mobility process are observed. Such effects point out to the difficulty of back people upward social mobility from a certain social level, which have led this racial group restricted to activities underrated by the labor market and society. The research perspective of this study is to analyze the matrix model of intergenerational mobility for the State, noting the different trajectories in two generations. Moreover, on the grounds of a case study, strategies for restructuring the capital of black Dockers, from postabolition time to the 1970s – the pinnacle of the class prestige – are analyzed. Likewise, in the 1990s, changes that negatively affected the class prestige of the workers from Ushers Union of Pelotas are discussed.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/26728
Arquivos Descrição Formato
000759769.pdf (931.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.