Repositório Digital

A- A A+

Efeito do nível de fibra da dieta, da linhagem e da idade sobre desempenho, balanço energético e o metabolismo da disgesta em frangos de corte

.

Efeito do nível de fibra da dieta, da linhagem e da idade sobre desempenho, balanço energético e o metabolismo da disgesta em frangos de corte

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeito do nível de fibra da dieta, da linhagem e da idade sobre desempenho, balanço energético e o metabolismo da disgesta em frangos de corte
Outro título Effect of dietary fiber, genetic strain and age on performance, energy balance and digestive metabolism in broilers
Autor Kras, Rodrigo Vieira
Orientador Kessler, Alexandre de Mello
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Zootecnia.
Assunto Dieta
Frango de corte
Nutricao animal
Resumo A fibra da dieta (FD) pode ser considerada um componente diluidor da energia metabolizável (EM), sendo também responsável por efeitos antinutricionais relacionados com a diminuição do aproveitamento de nutrientes presentes nas dietas de frangos de corte. Diversos fatores podem influenciar o aproveitamento da FD e dos demais componentes nas dietas de aves, dentre eles, a idade e a linhagem utilizada. Neste trabalho foram testadas, a linhagem de alto desempenho Cobb e a linhagem rústica Label Rouge (Label) com o objetivo de avaliar o efeito da inclusão fibra na dieta sobre desempenho, balanço energético, tempo de trânsito e metabolismo da digesta no período de 1 a 42 dias de idade. Foi utilizado um esquema fatorial 3x2, com três grupos de animais – Label, Cobb recebendo ração ad libitum (CobbAL) e Cobb recebendo ração pareada com Label (CobbPA) – e duas dietas isoprotéicas – dieta de baixo teor de fibra (DBF), com 3100 kcalEM/kg e dieta de alto teor de fibra (DAF) com 14% de farelo de trigo e 4% de casca de aveia, com 2800 kcalEM/kg – em um delineamento completamente casualizado. O nível de fibra da dieta não influenciou o consumo de ração (CR) das aves, o que provocou um menor ganho de peso (GP) e pior conversão alimentar (CA) para os animais que receberam DAF devido à menor concentração energética dessa dieta. A DAF provocou uma menor retenção da energia consumida além de menor digestibilidade dos nutrientes pelas aves. O menor tempo de trânsito da digesta observado nos frangos sob DAF resultou na menor digestibilidade dos nutrientes apresentada por esses animais. O grupo CobbPA foi superior a Label em GP e CA, o que indica que o desempenho da linhagem Cobb é melhor que o da Label Rouge, mesmo com restrição de consumo. O grupo Label apresentou a maior retenção de energia relativa ao peso vivo, associada à maior deposição de gordura corporal dessa linhagem. A digestibilidade dos nutrientes caiu e a energia metabolizável manteve-se praticamente constante com o avanço da idade, independentemente da linhagem utilizada, fato este provavelmente relacionado com o simultâneo aumento do consumo com o avançar da idade. A linhagem rústica não apresentou um melhor aproveitamento da dieta fibrosa frente à linhagem de alto desempenho em nenhuma das idades avaliadas.
Abstract The dietary fiber (DF) may be considered a component of diluting metabolizable energy (ME), being also responsible for anti-nutritional effects related to decreased utilization of nutrients present in diets for broilers. Several factors may influence the use of DF and the other components in the diets of birds, among them, age and the strain used. This work were tested, the highperformance Cobb strain and the rustic Label Rouge strain (Label), in order to evaluate the effect of including fiber in the diet on performance, energy balance, digesta transit time and metabolism in a period from 1 to 42 days of age. A 3x2 factorial design was used with three groups of animals – Label, Cobb fed ad libitum (CobbAL) and Cobb pair-fed with Label (CobbPF) – and two isonitrogenous diets – a low-fiber diet (LFD) with 3100 kcal/kg and a high-fiber diet (HFD) content with 14% wheat bran and 4% oat hulls, with 2800 kcal/kg - in a completely randomized design. The level of fiber in the diet did not affect feed intake (FI), which caused a lower weight gain (WG) and worse feed conversion ratio (FCR) in birds receiving HFD due to lower energy diet. HFD caused lower retention of the energy consumed by birds. The shortest digestive transit time observed in chickens in HFD resulted in lower digestibility of nutrients by these animals. The CobbPF group presented higher WG and better FCR than Label, indicating that Cobb's performance is better than Label’s, even with restricted intake. The Label group showed the greatest energy retention relative to body weight, which is associate to increased body fat retention in this strain. The nutrient digestibility fell with age whereas metabolizable energy remained almost constant, regardless of the strain used. This fact may be related to the increase in feed intake as birds age. The rustic strain showed no better use of high-fiber diet compared to the high-performance strain in any of the analyzed ages.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/26795
Arquivos Descrição Formato
000760665.pdf (297.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.