Repositório Digital

A- A A+

Momentos de empowerment : estratégias de pequenos produtores cooperados vinculados à agricultura familiar no Rio Grande do Sul

.

Momentos de empowerment : estratégias de pequenos produtores cooperados vinculados à agricultura familiar no Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Momentos de empowerment : estratégias de pequenos produtores cooperados vinculados à agricultura familiar no Rio Grande do Sul
Outro título Empowerment Moments: strategies of small farmers gathered in a family agriculture cooperative in Rio Grande do Sul
Autor Santos, Fabiano Santana dos
Orientador Carrion, Rosinha da Silva Machado
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Cooperativismo
Empoderamento
Pequenos produtores rurais
[en] Cooperativeness
[en] Development
[en] Empowerment
[en] Fairtrade
Resumo O presente estudo buscou investigar se o modelo de cooperativismo adotado por uma cooperativa de pequenos produtores rurais ligados à citricultura orgânica tem contribuído para o empowerment dos seus membros, ou seja, se os atores envolvidos, de forma individual ou coletiva, têm utilizado seus recursos econômicos, sociais, políticos e culturais para agir com responsabilidade no espaço público defendendo os seus direitos. Como a pobreza rural e as desigualdades sociais estão presentes em grande parte do território nacional, muitos produtores vêem no cooperativismo e em ferramentas como o comércio justo alternativas para a subsistência e uma forma de mediar as contradições políticas, ideológicas e psicológicas existentes nas sociedades. A organização estudada foi a Cooperativa dos Citricultores Ecológicos do Vale do Caí – ECOCITRUS. Localizada no município de Montenegro/RS, essa é a única cooperativa do Estado do Rio Grande do Sul com o selo de certificação internacional do comércio justo (Fair Trade). Adotando-se o método Estudo de Caso e como principal instrumento para coleta de dados a entrevista semi-estruturada realizada com pequenos produtores rurais associados – principalmente aqueles que participaram do processo de constituição da cooperativa – o autor procurou identificar e separar os cinco momentos do empowerment propostos por Kieffer (1984) e vivenciados pelos fundadores da cooperativa. Dessa maneira, o estudo concluiu que a inserção desses produtores no sistema cooperativista está contribuindo para mudanças positivas nas suas vidas, proporcionando a abertura de novas oportunidades, até então não vivenciadas por tais individuos. Em síntese, acredita-se que tais atores foram empoderados à medida que passaram a ter acesso a um poder anteriormente limitado, alterando significativamente as suas vidas.
Abstract The present study aimed at investigating if the cooperativeness model adopted by a cooperative of small rural producers developing organic citrus culture has contributed for the empowerment of its members, i. e., if the involved actors, either individually or collectively, have utilized their economical, social, political and cultural resources in order to perform with responsibility in the public space by defending their rights. As the rural poverty and social inequalities are present in a great part of the national territory, many producers see, in cooperativeness and in tools like the fair trade, the alternatives for subsistence and a way of mediating the political, ideological and psychological contradictions existing in society. The studied organization was the Cooperative of Ecological Citrus Producers from Caí Valley – ECOCITRUS. Located in the municipality of Montenegro, RS, this is the sole cooperative in the state of Rio Grande do Sul awarded with the international certification of Fair Trade. By adopting the Case Study as method and, as main instrument for the data collection, the semistructured interview carried out with associated small rural producers – mainly those who participated of the cooperative constitution process, the author searched for identifying and detaching the five empowerment moments suggested for Kieffer (1984) and experienced by the cooperative founders. As a result, this study draw the conclusion that the insertion of these producers into the cooperative system has contributed for positive changes in their lives by providing new opportunities they had not experienced as yet. To summarize, there is the belief that such actors have been empowered when they began to have access to a power which was previously limited and significantly changing their lives.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/26800
Arquivos Descrição Formato
000760797.pdf (1.526Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.