Repositório Digital

A- A A+

Efeitos do chimarrão (Ilex paraguariensis) na absorção de flavonóides, na concentração dos lipídeos e sobre a circulação

.

Efeitos do chimarrão (Ilex paraguariensis) na absorção de flavonóides, na concentração dos lipídeos e sobre a circulação

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeitos do chimarrão (Ilex paraguariensis) na absorção de flavonóides, na concentração dos lipídeos e sobre a circulação
Outro título Effects of chimarrão (Ilex paraguariensis St. Hil) on the flavonoid absorption, lipid concentration and circulation
Autor Salerno, Zaíra Tronco
Orientador Manfroi, Waldomiro Carlos
Co-orientador Bassani, Valquiria Linck
Moreira, Jose Claudio Fonseca
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde: Cardiologia e Ciências Cardiovasculares.
Assunto Chimarrão
Circulação sanguínea
Doença da artéria coronariana
Flavonoides
Ilex paraguariensis
Pressão arterial
Resumo Introdução: O chimarrão (mate) é um preparado com folhas secas de Ilex paraguariensis St. Hil (IP); é hábito milenar do sul do Brasil, Bolívia, Paraguai, Uruguai e Argentina. Os extratos da IP possuem compostos polifenóis, flavonóides, saponinas, metilxantinas. Estudos sugerem que os flavonóides presentes na dieta podem estar envolvidos na prevenção da aterosclerose, por inibirem a oxidação das LDL. Objetivo: Avaliar os efeitos da ingestão de chimarrão sobre a concentração plasmática de flavonóides, sobre os lipídios e sobre a circulação. Material e Métodos: Ensaio clínico experimental não-randomizado, realizado com 19 pacientes entre 50 a 80 anos, de ambos os sexos, acompanhados no Ambulatório de Cardiopatia Isquêmica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. O período de washout durou 4 dias, seguidos de mais 5 dias de intervenção com chimarrão. A dieta oferecida foi restrita de alimentos com flavonóides. A coleta de dados foi realizada entre 2003 a 2004. Foram avaliados concentração sangüínea de flavonóides, perfil lipídico, substância reativa de ácido tiobarbitúrico (TBARS) ingestão alimentar, Índice de Massa Corporal (IMC), pressão arterial sistólica (PAS), pressão arterial diastólica (PAD), freqüência cardíaca (FC) e história familiar de doença cardiovascular. As variáveis foram analisadas utilizando-se o teste t de Student, Exato de Fischer e ANOVA Resultados: Após 4 dias de washout, foi detectado aumento significativo do colesterol LDL-c (chimarrão: 26,7±30mg/dL e controle: 8,2±19mg/dL) e da relação CT/HDL (chimarrão: 0,4±0,8 e controle: 0,51±0,36), semelhante em ambos os grupos. Os efeitos do uso do chimarrão apresentaram uma diminuição significativa da relação CT/HDL (chimarrão: 0,2±0,2 e controle: 0,3±0,5, P=0,016) e para TG (chimarrão: 34±36 mg/dL e controle: 29±26 mg/dL, P= 0,001), semelhante em ambos os grupos. Após o uso do chimarrão, os valores de TBARS apresentaram diferença significativa (P=0,001) para o tempo. Em ambos os grupos, foram detectadas diferenças significativas em relação a uma diminuição para IMC (P=0,001) e para Ingestão de Energia (P=0,001). Conclusão: Após 12h do uso de chimarrão, não foram detectados dados significativos na concentração de flavonóides na corrente sangüínea. Ocorreram alterações na pressão arterial sistêmica e na freqüência cardíaca.
Abstract paraguariensis St. Hil (IP); drinking chimarrão is an old habit in southern Brazil, Bolivia, Paraguay, Uruguay and Argentina. The IP extracts contain polyphenol compounds, flavonoids, saponins and methylxanthines. Studies suggest that the flavonoids present in the diet may be related to the atherosclerosis prevention, by inhibiting the LDL oxidation. Objective: Evaluate the chimarrão intake effects on the plasmatic concentration of flavonoids, lipids and the circulation. Material and Methods: A non-randomized experimental clinical essay, performed with 19 patients between 50 and 80 years old, male and female, supervised at the Ischemic Cardiopathy Clinic of the Hospital de Clínicas de Porto Alegre. The washout period lasted 4 days, followed by 5 days with chimarrão intervention. The offered diet included only foods containing flavonoids. The data collection was performed between 2003 and 2004, and the following aspects were evaluated: flavonoid concentration in blood, lipid profile, thiobarbituric acid reactive substance (TBARS), food intake, Body Mass Index (BMI), systolic blood pressure (SBP), diastolic blood pressure (DBP), heart rate (HR) and family history of heart disease. The variables were analyzed using the Student’s t-test, Fisher’s Exact Test and the analysis of variance (ANOVA). Results: After a 4-day washout procedure, a significant increase in both LDL-c cholesterol (chimarrão: 26.7±30mg/dL and control: 8.2±19mg/dL) and TC/HDL ratio (chimarrão: 0.4±0.8 and control: 0.51±0.36) was detected, similar in both groups. The effects of using chimarrão presented a significant reduction in both TC/HDL ratio (chimarrão: 0.2±0.2 and control: 0.3±0.5, P=0.016) and TG (chimarrão: 34±36 mg/dL and control: 29±26 mg/dL, P= 0.001), similar in both groups. After using chimarrão, the TBARS values presented a significant difference (P=0.001), considering the application period. Both groups showed significant differences concerning a reduction in BMI (P=0.001) and Energy Intake (P=0.001). Conclusion: After the utilization of chimarrão for 12 hours, no significant data were detected regarding the flavonoid concentration in blood. Alterations were observed in the systemic blood pressure and heart rate.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/26935
Arquivos Descrição Formato
000762657.pdf (303.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.