Repositório Digital

A- A A+

O Território contestatório das ruas a partir da perspectiva das intervenções visuais em Porto Alegre

.

O Território contestatório das ruas a partir da perspectiva das intervenções visuais em Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O Território contestatório das ruas a partir da perspectiva das intervenções visuais em Porto Alegre
Autor Silva, Rosiéle Melgarejo da
Orientador Soares, Paulo Roberto Rodrigues
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geografia.
Assunto Cidade Baixa (Porto Alegre, RS)
Geografia urbana
Territorio
[en] Cidade Baixa
[en] Landscape
[en] Territory
[en] Visual intervention
Resumo A presente pesquisa tem como objetivo tratar das relações de poder na prática das intervenções visuais, a fim de colaborar para ampliar a compreensão e leitura das paisagens na cidade. As relações de poder foram apreendidas através da observação e vivência com interventores visuais da cidade de Porto Alegre a fim de descobrir como se dá a relação entre esses grupos, deles com a sociedade e de como a intervenção em si interfere, não só na paisagem estritamente, mas nas relações sociais do espaço da rua de maneira geral. Nesse sentido foi apresentado um recorte de paisagem que é a que sofre a intervenção, foram tratadas em seguida as relações de poder descobertas através de entrevistas e acompanhamento da área de estudo, que foi o bairro Cidade Baixa, para se chegar numa redescoberta da paisagem. Essa nova paisagem construída após uma perspectiva territorial mostra uma realidade menos generalizante e preconceituosa das intervenções. Assim, a pesquisa demonstra a partir das diferentes relações de poder que se estabelecem nessa prática que a intervenção é um mero instrumento e que se torna necessário numa cidade que consome cada vez mais com os espaços de livre expressão. As paredes e muros da cidade são suportes para esses grupos que contam a história dos descontentes que independente do que está ali registrada a intenção desta pesquisa é que essa história não se perca.
Abstract This current research objective is dealing with power relationship in visual intervention practice, to collaborate to increase the understanding and reading the landscape in the city. The power relationship was understood through the observation and inhabit with visual interventors in Porto Alegre to uncover how is the relationship between these groups, them with society and how intervention interfears, not only in the landscape, but in the social relations of the street space in many ways. This mode was stated a landscape cut who suffer the intervention, and was threated the power relationship found through interview and escort to the study area, the Cidade Baixa district, to achieve a rediscovery of the landscape. This new landscape built after a territorial perspective shows a less generalizing and biased reality of the interventions. This way, this research shows from the different power relationship established in this practice that the intervention its merely a tool and become necessary in a city what consumes more and more the free speech spaces. The city walls and gates are holder to this groups that tells the unhappy story apart from what is there registered, this research purpose is this store not to loose.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/27017
Arquivos Descrição Formato
000762894.pdf (3.593Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.