Repositório Digital

A- A A+

Formação multiprofissional em serviço na atenção básica à saúde : processos educativos em tempos líquidos

.

Formação multiprofissional em serviço na atenção básica à saúde : processos educativos em tempos líquidos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Formação multiprofissional em serviço na atenção básica à saúde : processos educativos em tempos líquidos
Autor Rossoni, Eloá
Orientador Meyer, Dagmar Elisabeth Estermann
Data 2010
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Atenção primária à saúde
Estudos culturais
Estudos culturais
Formação
Formação em serviço
Residência
Residência integrada em saúde
Saúde
[en] Basic health attention
[en] Cultural studies
[en] Integrated health residence
[en] Liquid modernity
[en] Primary health care
[en] Training in health service
Resumo A residência multiprofissional em serviço na atenção básica à saúde, tema desta tese, faz parte de uma rede de formação na área da educação e saúde no Brasil. A formação dentro de serviços de saúde tem como objetivo preparar profissionais para atuação no Sistema Único de Saúde. O foco da pesquisa volta-se para os processos educativos vivenciados por residentes e preceptores/as no Programa de Residência Integrada em Saúde: Atenção Básica em Saúde Coletiva, desenvolvido predominantemente em unidades básicas de saúde pertencentes, até 2009, ao Centro de Saúde-Escola Murialdo e vinculado à Escola de Saúde Pública. O programa busca formar profissionais para o planejamento, a gestão e a clínica da atenção básica em equipe multiprofissional, orientados para a integralidade da atenção. Esta tese analisa como trabalhadores/as e residentes vivenciam os processos educativos em serviço, que relações de poder-saber constituem e atravessam essa formação e alguns dos desafios que são colocados às instituições formadoras. Trata-se de uma investigação qualitativa cujo percurso metodológico tem aporte nos estudos culturais em aproximação com a etnografia pós-moderna, pois estes concebem a cultura como campo de produção de significados, no qual os diferentes grupos sociais, situados em posições diferenciadas de poder, lutam pela imposição de seus significados à sociedade. O trabalho de campo foi desenvolvido no período de março de 2007 a abril de 2008 e o material empírico inclui documentos pedagógicos e administrativos institucionais, legislação pertinente à regulamentação dos programas de residência, relatórios de residentes, observação direta das equipes nos ambientes de trabalho e entrevistas com os/as trabalhadores/as que atuam nas unidades básicas de saúde. Para refletir sobre as limitações e as possibilidades desta formação, utilizei, especialmente, os escritos de Bauman acerca das características culturais da “modernidade líquida”. As unidades de análise estruturadas, a partir destes pressupostos, abordam: o enfrentamento cotidiano das incertezas por trabalhadores/as e residentes; os saberes e as práticas constitutivos da formação em situação de trabalho na atenção básica; os desafios da formação em serviço em tempos líquidos; as relações de saber-poder nas dinâmicas de ensino/serviço/gestão, sobretudo as implicações dos conflitos das corporações profissionais e da municipalização da assistência nos processos educativos da residência. Estas relações produzem potencialidades e vulnerabilidades no programa de residência, no contexto estudado, marcado pela provisoriedade e pela incerteza. A partir destas análises foi possível apreender que, em tempos líquidos, a criatividade e a solidariedade são ferramentas importantes dos e nos processos educativos que preparam para a vida (profissional).
Abstract Multidisciplinary residency in primary health care, subject of this thesis, is part of a network of training in education and health in Brazil. Training in health care aims to prepare professionals for action in the National Health System. The research focus turns to the educational process experienced by residents and preceptors in Integrated Health Residency Program: Primary Care in Public Health, developed predominantly in basic health units belonging, in 2009, to the Murialdo Health School-Centre, and linked to the School of Public Health. The program seeks to train professionals for the planning, management and clinical practice of primary care in multiprofessional teamwork oriented by integral care. This thesis examines how workers and residents experience educational processes in service, which relations of power-knowledge are/go through such training and some of the challenges that are posed to the educational institution. This is a qualitative research whose methodological course has input into cultural studies in approach to post-modern ethnography. These studies conceive culture as a field of meaning production, in which different social groups located in different positions of power are fighting for impose their meanings on society. Fieldwork was conducted from March 2007 to April 2008 and empirical data included educational and administrative documents institutions, relevant legislation to the regulation of residency programs, reports of residents, direct observation of teams in the workplace and interviews with workers in training places. To discuss the limitations and possibilities of this training, I used especially the writings of Bauman about the cultural features of “liquid modernity”. The units of analysis structured to address these assumptions are: the daily confrontation of uncertainties by workers and residents, the knowledge and practices constituting the training on the work in primary care, the challenges of in-service training days net; the relations of knowledge-power in the teaching/service/management, especially the implications of conflicts of professional corporations and the decentralization of assistance in the educational processes of the residence. These relations yield potentials and vulnerabilities in residency programs in the studied context marked by provisional and uncertain. From this analysis it was possible to apprehend that in times of liquid modernity, creativity and solidarity are important tools of/on educational processes that prepare for (professional) life.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/27073
Arquivos Descrição Formato
000762739.pdf (3.402Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.