Repositório Digital

A- A A+

Remessas dos trabalhadores emigrantes e impactos econômicos : evidências para Cabo Verde

.

Remessas dos trabalhadores emigrantes e impactos econômicos : evidências para Cabo Verde

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Remessas dos trabalhadores emigrantes e impactos econômicos : evidências para Cabo Verde
Autor Tavares, Paulino Varela
Orientador Fonseca, Pedro Cezar Dutra
Data 2010
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Economia.
Assunto Cabo Verde
Desenvolvimento econômico
Econometria
Emigração
Trabalhador
[en] Cape Verde
[en] Economic Growth
[en] Economics of Emigrants
[en] External Vulnerability
[en] FIOCVE
[en] RTE
Resumo O processo de desenvolvimento da economia cabo-verdiana, historicamente, sofre com as restrições estruturais endógenas, tais como, condições naturais, já que o país é constituído por territórios insulares, chuvas irregulares e produção agrícola reduzida, restringidas condições financeiras do estado e do setor privado para investimentos em projetos estruturais de longo prazo, ausência de riquezas, exceto sol, vento e pessoas, e, por fim, a precária capacidade interna para investimento na infra-estrutura e setores estratégicos, tais como, o turismo, a energia, a agricultura, a pesca, o transporte, a educação, entre outras. Apesar dessas restrições, Cabo Verde vem apresentando, desde 1990, alguns avanços econômicos, sociais e institucionais, se comparada com a maioria das economias do continente africano. Existem, no âmbito oficial, várias explicações para esse desempenho. Mas, nesta tese procuramos problematizar o desempenho da economia, a partir do setor da emigração, mais especificamente, a relação entre as Remessas dos Trabalhadores Emigrantes (RTE) e o crescimento econômico do país. Concluímos que as RTE além contribuírem para o crescimento e desenvolvimento da economia cabo-verdiana, em geral, a Diáspora Cabo-verdiana é indispensável para a construção de políticas que visam potencializar e acelerar as ações que reforçam a multiplicação dos canais de desenvolvimento no país. Por isso, é fundamental o reconhecimento político e econômico da participação dos emigrantes no desenvolvimento nacional visando não só à sustentabilidade das remessas, mas também à construção de novos arranjos institucionais que priorizem a valorização dos quadros da Diáspora e reformular as políticas de cooperação diplomática com os países anfitriões. Essas ações são importantes porque reforçam os laços da comunidade emigrada com o país de origem, potencializa o desenvolvimento de políticas de integração e proteção das respectivas comunidades, além da difusão das informações sobre as oportunidades de investimento no arquipélago. Logo, concentrar os esforços para atraírem os Investimentos Estrangeiros de Origem dos Emigrantes Cabo-verdianos (IEOECV) significa, sem dúvida, agregar e modernizar a trajetória do crescimento econômico do país.
Abstract The process of development of the cape verdean economy, historically suffers from endogenous structural constraints, such as natural conditions, since the country is composed of island territories, erratic rainfall and reduced agricultural production, limited financial conditions of state and industry private investment in long-term structural projects, lack of wealth, except the sun, wind and people, and, finally, poor internal capacity for investment in infrastructure and strategic sectors such as tourism, energy, agriculture, fishing, transport, education, among others. Despite those restrictions, Cape Verde has been showing since 1990, some economic, social and institutional advances, as compared with most economies in Africa. There, under official number of explanations for this performance. But in this thesis we try to confront the economy's performance from the sector of emigration, more specifically, the relationship between workers' remittances (RTE) and the country's economic growth. We conclude that the RTE contribute to the growth and development of the cape verdean economy, in general, that the Cape Verdean Diaspora is indispensable for the construction of policies to increase and accelerate actions that reinforce the multiplication of channels development in the country. Therefore, it´s essential to recognize the political and economic participation of emigrants in national development aiming at not only the sustainability of remittances but also the construction of new institutional arrangements the give priority to the recovery of the Diaspora frames and framing policies for diplomatic cooperation with the host countries. These actions are important because they reinforce the bonds of community emigrated to the country of origin, potentiates the development of integration policies and protection of respectives communities, beyond the dissemination of information on investment opportunities in the archipelago. Therefore, focus efforts to attract Foreign Investment in Origin of Cape Verdean Emigrants (FIOECV) means, no doubt, add and update the trajectory of economic growth of country.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/27168
Arquivos Descrição Formato
000763964.pdf (3.258Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.