Repositório Digital

A- A A+

Adoção do CPC 01 impairment nas demonstrações financeiras auditadas pelas big four

.

Adoção do CPC 01 impairment nas demonstrações financeiras auditadas pelas big four

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Adoção do CPC 01 impairment nas demonstrações financeiras auditadas pelas big four
Autor Nunes, Gabriela
Orientador Vendruscolo, Maria Ivanice
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Ciências Contábeis.
Assunto Ativos financeiros
Auditoria
Normas internacionais
[en] CPC 01
[en] Impairment test
[en] Test value of recoverable
Resumo O objetivo do presente estudo é analisar o cumprimento das exigências de evidenciação referentes à aplicabilidade do CPC 01 - Redução ao Valor Recuperável de Ativos e a posição dos auditores independentes diante das não-conformidades, se necessário em parecer de auditoria, oriundas da não observância da Norma. Foi o processo de convergência às normas internacionais que trouxe a obrigatoriedade da realização do teste do valor recuperável nos ativos (impairment test). Conforme evidenciado no CPC 01, quando da constatação de perda por impairment, as empresas devem divulgar informações que permitam ao usuário entender as circunstâncias que ocasionaram a perda, assim como a base de cálculo utilizada para o cálculo do valor recuperável, a linha na DRE em que a perda foi reconhecida e a natureza do ativo ou descrição da unidade geradora de caixa. O método de pesquisa utilizado é o dedutivo. Do ponto de vista da abordagem do problema, a pesquisa é qualitativa. Os resultados apontam que o atendimento às exigências de divulgação do CPC 01 ocorreu de forma parcial na maioria das empresas pesquisadas. Sendo que os auditores independentes nada mencionaram, a esse respeito, nos seus pareceres publicados. Concluímos que os auditores independentes devem adotar uma postura mais atuante, no que concerne à orientação das empresas auditadas, quanto à divulgação do valor recuperável dos ativos, para que assim a auditoria possa contribuir para o desenvolvimento das boas práticas de divulgação das informações contábeis.
Abstract The objective of this study is to analyze the compliance with the requirements of disclosure regarding the applicability of the CPC 01 - Impairment of Assets and the position of the independent auditors before the non-conformities, if necessary in the audit opinion, coming from non-compliance the Standard. It was the convergence to international standards that brought the requirement testing for the assets recoverable amount (impairment test). As evidenced by the CPC 01, when the finding of impairment loss, companies must disclose information that enables the user to understand the circumstances that caused the loss, as well as the calculation basis used for calculating the recoverable amount, the line in the DRE that the loss was recognized and the nature of the asset or a description of cash-generating unit. The research method used is deductive. From the standpoint of addressing the problem, the research is qualitative. The results indicate that compliance with disclosure requirements of the CPC 01 was partial to the most of companies surveyed. The independent auditors anything mentioned, in this regard, in its opinions published. We conclude that independent auditors should adopt a more proactive, regarding the orientation of the audited companies to publicize the recoverable value of assets, so that the audit can contribute to the development of best practices for disclosure of accounting information.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/27216
Arquivos Descrição Formato
000762992.pdf (108.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.