Repositório Digital

A- A A+

Revestimento nanocerâmico à base de Zr e Zr/Ti como pré-tratamento em aço galvanizado

.

Revestimento nanocerâmico à base de Zr e Zr/Ti como pré-tratamento em aço galvanizado

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Revestimento nanocerâmico à base de Zr e Zr/Ti como pré-tratamento em aço galvanizado
Autor Zaro, Gustavo
Orientador Ferreira, Jane Zoppas
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia de Materiais.
Assunto Engenharia de materiais
Resumo O pré-tratamento de superfícies metálicas tem sido utilizado para aumentar o desempenho contra a corrosão e também melhorar a aderência entre o substrato e a tinta. Como a fosfatização convencional apresenta problemas ao meio ambiente, novos processos sustentáveis têm sido estudados para reduzir os impactos ambientais. O presente trabalho apresenta um estudo comparativo do revestimento nanocerâmico em relação ao revestimento fosfatizado em aço galvanizado. O revestimento nanocerâmico é obtido através de solução de conversão à base de ácido hexafluorzircônio ou ácido hexafluorzircônio/titânio formando camadas nanoestruturadas de óxido de zircônio/titânio na superfície. Com o intuito de verificar a resistência anticorrosiva dos pré-tratamentos utilizados foram realizados diversos ensaios. O comportamento eletroquímico foi analisado através de Espectroscopia de Impedância Eletroquímica (EIE) e Potencial de Circuito Aberto (OCP) em amostras sem pintura. Já as amostras pintadas foram utilizadas para avaliar o comportamento contra a corrosão através de ensaios mecânicos e de névoa salina. Para analisar a deposição do revestimento nanocerâmico foi realizado o ensaio de MEV/EDS. Através dos ensaios de impedância eletroquímica, verificou-se que a deposição de nanocerâmico na superfície cresce com tempos maiores de imersão. Na análise de microscopia eletrônica de varredura e espectroscopia de energia dispersiva foi possível detectar na superfície a presença do óxido nanocerâmico formado. A utilização do nanocerâmico à base de Zr e Zr/Ti melhora a resistência à corrosão do aço galvanizado. Os ensaios de aderência, impacto e névoa salina demonstraram que o nanocerâmico obtido para pequenos tempos de imersão apresenta desempenho equivalente ao substrato de aço galvanizado fosfatizado. Os resultados demonstraram que o uso deste tipo de revestimento é promissor na substituição do processo de fosfatização.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/27250
Arquivos Descrição Formato
000751583.pdf (2.212Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.