Repositório Digital

A- A A+

O controle jurisdicional da lei orçamentária: o dever da administração pública de empenhar despesas de caráter obrigatório e continuado

.

O controle jurisdicional da lei orçamentária: o dever da administração pública de empenhar despesas de caráter obrigatório e continuado

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O controle jurisdicional da lei orçamentária: o dever da administração pública de empenhar despesas de caráter obrigatório e continuado
Outro título Jurisprudential control on budget law: the duty of public administration to pledge public costs that are continual and law-required
Autor Rohenkohl, Caio Eduardo
Orientador Souza, Maria Isabel de Azevedo
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Direito. Curso de Ciências Jurídicas e Sociais.
Assunto Administração pública
Atos administrativos
Controle judicial
Lei de Responsabilidade Fiscal
[en] Budget law
[en] Fiscal responsibility act
[en] Jurisprudential control on administrative acts
[en] Law-required
[en] Public Costas that are continual
Resumo O presente trabalho investiga a existência do dever por parte do Poder Judiciário de realizar o controle de legalidade sobre a lei orçamentária. Para isso, são apresentados os princípios e regras que regem a atividade estatal, do ponto de vista do Direito Administrativo e do Direito Financeiro, de acordo com os ensinamentos doutrinários, sob uma perspectiva preocupada com a legitimidade dos atos da Administração Pública. Como elemento instrumental ao tema principal, dando contornos concretos a um problema teórico, desenvolve-se concomitantemente um estudo a respeito da obrigação de empenhar e realizar as despesas de caráter contínuo e obrigatório, cujo conceito consta da Lei Complementar nº 101/2000, conhecida como Lei de Responsabilidade Fiscal. O problema, em relação ao qual há conflito na jurisprudência, consiste em saber se a Administração Pública está vinculada a empenhar determinadas despesas, ou se o empenho de todas elas seria discricionário. Portanto, a questão é, primeiro, saber se o empenho das despesas de caráter obrigatório e contínuo é vinculado à lei; e, então, em caso positivo, concluir acerca da competência que a Constituição Federal atribuiu ao Poder Judiciário a fim de restaurar a legalidade dos atos administrativos.
Abstract This study investigates the existence of the duty of the judiciary to perform control on the legality of the budget law. In order to this, the principles and rules that involve the state activity are properly presented, as described by many authors of Administrative and Financial Law, from a perspective concerned with the legitimacy of the acts of public administration. As an instrumental element to the main theme, lending tangible form to a theoretical matter, it develops a concurrent study concerning the obligation to foresee and to effect public costs that are continual and required by law – concept which is defined by Brazilian Supplementary Law 101/2000, known as Fiscal Responsibility Act. The problem, for which there is conflict in jurisprudence, is whether the public administration is obliged to pledge certain expenses, or if this act would be discretionary for all of them. Therefore, the question is, at first, to know whether the pledge of continual and law-required costs is bound to law and, then, if so, to conclude what powers the Brazilian Constitution gave to judiciary to restore the legality of administrative acts.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/27349
Arquivos Descrição Formato
000764656.pdf (567.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.