Repositório Digital

A- A A+

Ensino de ciências : uma proposta para adequar o conhecimento ao cotidiano - enfoque sobre a água

.

Ensino de ciências : uma proposta para adequar o conhecimento ao cotidiano - enfoque sobre a água

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Ensino de ciências : uma proposta para adequar o conhecimento ao cotidiano - enfoque sobre a água
Autor Emerich, Catiane Medeiros
Orientador Del Pino, Jose Claudio
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde.
Assunto Água
Ciências
Construtivismo
Ensino fundamental
Formação de conceito
Metodologia do ensino
[en] Constructivism
[en] Prior conceptions
[en] Teaching strategy
[en] Water
Resumo Os assuntos que envolvem o ensino de ciências são capazes de despertar a curiosidade das crianças de maneira envolvente. Quando são aplicadas no contexto escolar atividades dinâmicas e participativas o aluno torna-se agente do seu aprendizado. O desenvolvimento desta disciplina deve considerar que os alunos já trazem concepções, a cerca deste campo do conhecimento, de suas experiências cotidianas. Esta dissertação é composta por um estudo de caso que busca investigar as relações estabelecidas pelos alunos, a partir de uma estratégia de ensino, entre suas concepções prévias e o conhecimento científico. Esta estratégia foi aplicada na disciplina de ciências em duas turmas de quinta série do ensino fundamental, onde a mestranda era a professora regente das classes. O conteúdo da Hidrosfera foi desenvolvido no decorrer do segundo trimestre de 2008, sendo este, integrante do currículo de ciência, nas escolas onde o projeto foi aplicado. Os alunos realizaram atividades diversificadas, nas quais foram consideradas suas concepções prévias com relação a conceitos científicos pré-selecionados pela professora. Buscou-se aplicar na sala de aula uma metodologia com características construtivistas e interacionistas na intenção de identificar o mecanismo de aprender ciências como um processo paralelo de idéias que resultem em explicações alternativas, os quais são utilizados em momentos e situações adequados, com o objetivo de promover uma mudança entre as concepções prévias dos estudantes e o conhecimento escolar. A análise do questionário de sondagem foi de natureza quantitativa, e a seqüência dos outros materiais produzidos pelos alunos foi realizada de forma qualitativa. Com esta metodologia buscou-se informações a partir das construções dos alunos, para uma interpretação adequada das mesmas, visando atender aos objetivos da pesquisa. Com base na análise das produções dos alunos, é possível afirmar que estes demonstraram motivação quando convidados a participar das atividades educacionais que compuseram o conjunto do projeto. O processo se caracterizou por proporcionar ao grupo uma maneira diferente de pensar o conhecimento da disciplina de ciências, aproximando este campo do conhecimento das questões cotidianas que envolvem a água. Este foi o primeiro contato destes alunos num ambiente onde a ciência produzida na escola foi socializada, compartilhada. Onde não houveram respostas corretas retiradas do livro didático, mas um ambiente de ação e construção de análises e observações. O processo de aprendizagem desenvolveu-se através do envolvimento ativo dos aprendizes. Através das respostas apresentadas pelos alunos nos diferentes instrumentos da pesquisa foi possível observar a evolução do perfil conceitual do grupo. Este novo perfil incluiu, não de forma exclusiva, novas idéias científicas, compostas por um vocabulário adequado para este campo do conhecimento. Foi possível observar que os alunos apresentaram diferentes idéias sobre um mesmo conceito, as quais foram utilizadas no contexto de sala de aula e na visita a estação de tratamento de água.
Abstract Science teaching encompasses subjects that are capable of rousing children’s curiosity in an involving manner. When dynamic and participative activities are applied in the school context, students become agents of their learning. The development of this subject must take into consideration the fact that students already carry conceptions about this field of knowledge from their daily experiences. This thesis comprises a case study that seeks to investigate the relations established by students, from a teaching strategy, between their prior conceptions and scientific knowledge. This strategy was applied in the science subject with two classes from the fifth grade of elementary education, where the masters undergraduate was the ruling teacher of the classes. The Hydrosphere content was developed during the second quarter in 2008, subject which integrates the science curriculum at the schools where the project was applied. The students performed diversified activities in which their prior conceptions were considered in relation to scientific concepts that were pre-selected by the teacher. A methodology was sought with constructivist and interactive characteristics to bring about a change between students’ prior conceptions and school knowledge. The analysis of the survey questionnaire was of a quantitative nature, and the sequence of the other materials produced by the students was performed in a qualitative fashion. Through this methodology information was sought from students’ constructions for their adequate interpretation aimed at meeting the research objectives. Based on the analysis of students’ productions, it is possible to state that they appeared to be motivated when invited to take part in the activities that made up the project set. The process was characterized for providing the group with a different approach to think about the knowledge of the science subject, bringing that field closer to the daily issues that involve water. This was the first contact these students had in an environment where the science produced at the school was socialized, shared, where there were no correct answers taken from the didactic book, but an environment of action and the construction of analyses and observations. The learning process was developed through active involvement of learners. From the answers presented by the students in the different research instruments it was possible to observe the evolution of the group’s conceptual profile. That new profile included, not exclusively, new scientific ideas comprising an adequate vocabulary for that field of knowledge. It was possible to observe that students presented different ideas about a same concept, ideas which were used in the class room context and a visit to a water treatment station.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/27441
Arquivos Descrição Formato
000765026.pdf (474.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.