Repositório Digital

A- A A+

Avaliação do comportamento térmico da blenda PP/PEAD utilizada na fabricação de monofilamentos

.

Avaliação do comportamento térmico da blenda PP/PEAD utilizada na fabricação de monofilamentos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação do comportamento térmico da blenda PP/PEAD utilizada na fabricação de monofilamentos
Autor Hamester, Letícia Sausen
Orientador Forte, Maria Madalena de Camargo
Co-orientador Rocha, Tatiana Louise Avila de Campos
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia de Materiais.
Assunto Engenharia de materiais
Resumo Blendas de polipropileno (PP) e polietileno de alta densidade (PEAD) são largamente aplicadas na indústria de transformação para produção de diversos artefatos em função da possibilidade de modificação do grau de cristalinidade e propriedades dos polímeros precursores. A aplicação de blendas PP/PEAD na produção de monofilamento e fibras sintéticas, no entanto, é bastante recente, embora o PP seja largamente aplicado na indústria têxtil, na produção de não‐tecidos. Poucos estudos publicados se relacionam com o uso de blendas PP/PEAD para fabricação de fibras. No caso de fibras de PP, é possível se aprimorar propriedades através do uso de blendas de PP/PEAD e controle das condições de processamento, com obtenção de material com ótima interação entre as fases, alto grau de cristalinidade e de orientação. Neste trabalho blendas de PP/PEAD foram utilizadas na produção de monofilamentos, tendo composições em peso de PP/PEAD iguais a 50/50, 60/40 e 70/30, os quais foram submetidos a diferentes temperaturas de estiramento (120, 130 a 140°C). Os monofilamentos foram analisados por ensaios de tração para avaliação das propriedades mecânicas, e por calorimetria para avaliação das características térmicas e grau de cristalinidade das amostras. A microestrutura do material foi correlacionada com a sua morfologia e propriedade. Foi observada uma melhora de até 35% (9,4 gf/De) na tenacidade das fibras obtidas neste estudo com relação aos valores atualmente apresentados pelas fibras usualmente produzidas. A fibra que apresentou melhores propriedades foi aquela com composição PP/PEAD igual a 60/40 (% em peso) e temperatura de estiramento de 130°C.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/27548
Arquivos Descrição Formato
000765483.pdf (1.312Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.