Repositório Digital

A- A A+

Educação a distância e racionalidade comunicativa : a construção do entendimento na comunidade virtual de aprendizagem

.

Educação a distância e racionalidade comunicativa : a construção do entendimento na comunidade virtual de aprendizagem

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Educação a distância e racionalidade comunicativa : a construção do entendimento na comunidade virtual de aprendizagem
Autor Novak, Silvestre
Orientador Franco, Sérgio Roberto Kieling
Data 2010
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Análise de conteúdo
Curso de Pedagogia
Ensino à distância
Licenciatura
Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs)
[en] Communicative rationale
[en] Education distance
[en] Formation of teachers
[en] Information and communication technologies (TICs)
[en] Teaching on-line
Resumo Esta tese analisa a racionalidade da Educação a Distância da era digital, a partir do estudo de uma comunidade virtual de aprendizagem, formada por alunos do Curso de Licenciatura em Pedagogia a Distância da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, sul do Brasil, à luz da Teoria da Ação Comunicativa, de Jürgen Habermas. Tomando como ponto de partida o contexto contemporâneo da Educação a Distância, caracterizado pela crescente utilização das tecnologias de informação e comunicação (TICs) nas ações de ensino e aprendizagem, discute-se as implicações decorrentes da rápida expansão da modalidade, fomentada por políticas públicas, em termos da democratização do acesso ao ensino, considerando os aspectos tecnológicos, sociais e pedagógicos envolvidos. O perfil diferenciado dos estudantes que frequentam cursos de formação de professores em exercício na modalidade à distância, formado por profissionais com elevada jornada de trabalho, que possuem larga experiência no magistério, que se encontram há muito tempo afastados dos bancos escolares na condição de alunos, e em sua maioria mulheres, que desempenham concomitantemente outros importantes papéis como esposas, mães, avós, donas de casa, ao lado do novo papel de estudantes universitárias, com dificuldades para a organização do tempo necessário aos estudos on-line, coloca o problema do ensino e da aprendizagem em interseção com o mundo da vida. Dentro dessa conjuntura, o retorno aos estudos superiores na modalidade a distância traz uma série de implicações para os estudantes, seja em função da tradição de ensino oral, de cunho expositivo entregador, com o qual os alunos encontram-se habituados, seja em função de novas concepções pedagógicas baseadas nos princípios da aprendizagem em rede, gerando repercussões no campo da autonomia do educando, colocando os alunos frente ao desafio de “aprender a aprender a distância”. Desse modo, a metodologia de ensino on-line, baseada em ambientes virtuais de aprendizagem, com o uso intenso das TICs, ao tempo em que tem se revelado estratégica na democratização do acesso à educação, especialmente na formação de professores em exercício, coloca os estudantes diante das vicissitudes da aprendizagem virtual, ensejando a articulação de uma inteligibilidade do “estudar a distância”, dentro de uma perspectiva do agir comunicativo. Através da análise de conteúdo, o estudo articula os proferimentos dos alunos-professores procurando evidenciar as racionalidades presentes no ensino virtual, como forma de trazer a questão para o debate, buscando contribuir para minimizar os riscos da instauração de uma racionalidade puramente instrumental na Educação a Distância contemporânea.
Abstract The purpose of this work is to analyze the rationality of Education Distance in the digital era utilizing the study of a virtual learning community composed of students from the teaching degree in educational pedagogy in Distance from the College of Education of the Universidade Federal do Rio Grande do Sul in Porto Alegre, southern Brazil, based on the theory of Communication Actions of Jürgen Habermas. The contemporary context of Education Distance, characterized by the growing use of information and communication technology (TICs) in the teaching and learning actions was used as the starting point. Implications derived from the rapid expansion of modality, promoted by public politics, in terms of the democratization of access to learning are discussed, considering the technological, social and pedagogical aspects involved. The distinct profiles of the students that attend courses for the formation of working teachers in Education Distance, consisting of professionals with a high number of working hours and who also have much teaching experience, most of them female and currently withdrawn from the role of students direct the problem of teaching and learning intersecting with life in the present world. They take on important roles as wives, mothers, grandmothers and housewives along with that of university students, thus adding the problem of organizing their time to accommodate studying on-line to their multi-tasked lives. Through this conjecture, the return to higher education at a distance introduces repercussions in the field of the student’s autonomy, as well as a series of implications to these students with regards to the traditional oral teaching, with a teacher figure with which they were accustomed, or the function of new pedagogical concepts based on learning on the Internet. The latter generates inserting them in a new role of “learning how to learn at a distance.” In this manner, the methodology applied to on-line teaching, based on virtual learning settings and with the intense use of TICs, in times where democratic strategies for the access of education are present, mainly in the formation of working teachers, brings the students face-toface with the vicissitudes of virtual learning, introducing the articulation of an intelligible “study-at-a-distance” within the communicative actions perspective. This study articulates the narratives of the student/teachers through the analysis of content, demonstrating the rationalities present in virtual learning as a way of bringing this topic up for discussion. It aims to contribute by minimizing the risks of installation of a purely rational instrument in contemporary Education Distance.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/27676
Arquivos Descrição Formato
000766519.pdf (1.894Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.