Repositório Digital

A- A A+

Comparação do efeito do treinamento intervalado de sprints, de saltos e misto em relação à eficácia no desenvolvimento e retenção da força rápida e velocidade de deslocamento em atletas da equipe masculina de futebol da UFRGS : estudo de casos

.

Comparação do efeito do treinamento intervalado de sprints, de saltos e misto em relação à eficácia no desenvolvimento e retenção da força rápida e velocidade de deslocamento em atletas da equipe masculina de futebol da UFRGS : estudo de casos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Comparação do efeito do treinamento intervalado de sprints, de saltos e misto em relação à eficácia no desenvolvimento e retenção da força rápida e velocidade de deslocamento em atletas da equipe masculina de futebol da UFRGS : estudo de casos
Autor Costa, Paulo Philipe Vecchio da
Orientador Monteiro, Alberto de Oliveira
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Licenciatura.
Assunto Futebol
Resumo O presente trabalho se propôs a confrontar diferentes práticas dentro do treinamento intervalado, voltadas para o desenvolvimento das propriedades motoras de Força Rápida e Velocidade de Deslocamento, e que viriam a ser: uma prática envolvendo apenas exercícios através de sprints, , outra contendo apenas exercícios de saltos (pliometria) e outra mista, ou seja, um treinamento que contenha tanto elementos de pliometria (saltos) como sprints de forma agregada. A amostra foi formada por três indivíduos, com idades entre 19 e 28 anos, atletas universitários de futebol, que se dividiram em três grupos, onde um indivíduo foi exposto à prática isolada de velocidade de deslocamento através do treinamento baseado em corridas (sprints), outro foi exposto à prática por meio de exercícios de saltos (pliométricos), e por último o indivíduo que foi exposto a uma prática mista, envolvendo tanto sprints como saltos. O objetivo desta pesquisa então foi, através da comparação por meio de um estudo de casos, procurar descrever os efeitos de três diferentes práticas de treinamento e identificar a prática que oferece os melhores resultados no desenvolvimento e retenção das propriedades motoras de força rápida e velocidade de deslocamento durante uma intervenção de treinamento de 6 semanas. Os testes foram realizados após 2 semanas do início do treinamento, outra bateria logo foi realizada após o término das 4 semanas subseqüentes e por fim, uma última bateria de testes que foi realizada 10 dias após o término dos treinamentos, para averiguar se houve uma maior retenção das propriedades motoras adquiridas, na comparação entre as três práticas de treinamento, após o término do treino proposto. Além dos testes de campo e da avaliação antropométrica que foi realizada pré e pós treinamento, foi realizado um questionário com cada caso, que contém informações pertinentes para o auxílio e esclarecimento de quaisquer dúvidas que surgissem na elaboração das respostas desta pesquisa. A conclusão que este estudo chegou foi que apesar de todas as limitações que estudos de casos apresentam, os indivíduos 1 (sprints) e 3 (misto) apresentaram tanto no ganho de potência e velocidade de deslocamento quanto na manutenção destas propriedades ao longo do período de destreino de dez dias. Já o indivíduo 2 (saltos) obteve discretos ganhos de rendimento entre a primeira e segunda avaliação, em sua potência mensurada através do teste de Salto Horizontal e manteve seu desempenho na velocidade de deslocamento estagnado ao longo do estudo e mensurado através do teste de Sprint de 20 metros.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/27729
Arquivos Descrição Formato
000766284.pdf (307.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.