Repositório Digital

A- A A+

Análise do equilíbrio corporal de mulheres idosas praticantes de hidroginástica submetidas a diferentes tipos de treinamento

.

Análise do equilíbrio corporal de mulheres idosas praticantes de hidroginástica submetidas a diferentes tipos de treinamento

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise do equilíbrio corporal de mulheres idosas praticantes de hidroginástica submetidas a diferentes tipos de treinamento
Outro título Effects of water-based exercise on body balance of elderly women performing differents types of training
Autor Azenha, Natália Amélia da Silva
Orientador Kruel, Luiz Fernando Martins
Co-orientador Alberton, Cristine Lima
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Licenciatura.
Assunto Hidroginastica
Idoso
[en] Aquatic program
[en] Balance
[en] Elderly women
[en] Water-based exercise
Resumo O objetivo do estudo foi analisar o equilíbrio corporal de mulheres idosas submetidas a um treinamento de hidroginástica. A amostra foi composta por 11 mulheres ativas (61,0 + 0,5 anos) praticantes de hidroginástica há pelo menos 12 meses e que estivessem há no mínimo 3 meses sem praticar exercício físico. Os sujeitos foram divididos em 3 grupos experimentais: equilíbrio (n=3), força (n=4) e aeróbio (n=3). O treinamento de 12 semanas foi desenvolvido no Centro Natatório da EsEF/UFRGS. Foram realizadas sessões de avaliação, pré e pós-treinamento, para avaliar o equilíbrio corporal, onde o mesmo foi mensurado sobre uma plataforma de força (AMTI), com olhos abertos e fechados, coletando as variáveis de força e reação do solo ântero-posterior (Fx), látero-medial (Fy) e vertical (Fz), bem como o momento de força ântero-posterior (Mx) e momento de força látero-medial (My), sendo estes valores utilizados para cálculo do Centro de Pressão Plantar (COP). Para análise dos dados utilizou-se estatística descritiva (média ± DP). No grupo de treinamento de equilibro corporal e condicionamento cardiorrespiratório, houve tendência de melhora no equilíbrio látero-medial e ântero-posterior nas situações com olhos abertos e olhos fechados. Já no grupo de força muscular na situação com olhos fechados, encontrou-se uma tendência de melhora de Δ COPx e Δ COPy e com os olhos abertos, Δ COPx apresentou tendência de melhora. Entretanto, Δ COPy. Não apresentou melhorias pós treinamento. Concluímos que o treinamento aplicado melhorou alguns componentes do equilíbrio postural pós-treinamento, sendo esta melhora independente do tipo de aula aplicada equilíbrio, força muscular ou condicionamento cardiorrespiratório.
Abstract The aim of this study was to analyze the body balance in elderly women subjected to water-based exercise training. The sample consisted of 11 healthy active women (61.0 + 0.5 years) engaged in water for at least 12 months and that there were at least 3 months without physical exercise. The subjects were divided into 3 groups: balance (n = 3), strength (n = 4) and aerobic (n = 3). The 12-week training was conducted at the Swimming Center of the Physical Education School on the Federal University of Rio Grande do Sul (EsEF / UFRGS). Evaluation sessions were held, pre-and post-training, to assess the body balance, which was measured on a force platform AMTI Brand, with eyes closed and with eyes open, collecting the variables of ground reaction force and anterior-posterior (Fx), lateral-medial (Fy) and vertical (Fz) and moment of force anteroposterior (Mx) and lateromedial (My), and these values used to calculate the center of plantar pressure (COP). Data analysis used descriptive statistics (mean ± SD). In the body balance training group and cardiorespiratory fitness training group, there was a trend of improvement in balance lateral-medial and anterior-posterior in situations with eyes open and eyes closed. In the group of muscle strength in the situation with eyes closed, we found a trend toward improvement of Δ COPx and Δ COPx and with open eyes Δ COPx tended to improve. However, Δ COPy showed no improvement after training. We conclude that the applied training improved some components of postural balance post-training, and this improvement regardless of the class applied balance, muscle strength or cardiorespiratory fitness.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/27761
Arquivos Descrição Formato
000766461.pdf (520.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.