Repositório Digital

A- A A+

Respostas anabólicas ao método drop-set de treinamento de força

.

Respostas anabólicas ao método drop-set de treinamento de força

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Respostas anabólicas ao método drop-set de treinamento de força
Outro título Anabolic responses to the drop-set strength training method
Autor Santos, Lucas Porto
Orientador Pinto, Ronei Silveira
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Licenciatura.
Assunto Treinamento de força
[en] Anabolism
[en] Hormonal responses
[en] Strength training
[en] Training methods
Resumo O objetivo deste estudo foi analisar a resposta de hormônios anabólicos (testosterona (TT) e hormônio do crescimento (GH)) e catabólicos (cortisol (C)) decorrente do método drop-set de treinamento de força e do método com 10 repetições máximas. Sete homens treinados (24,8 ±2,4 anos) realizaram uma sessão de treinamento de força em cada um dos métodos citados, cujo trabalho total foi equalizado. Foram feitas coletas sanguíneas em quatro pontos do tempo para a análise da curva da resposta dos três hormônios de interesse: pré-treino (PRE), imediatamente após o treino (IP), 15 minutos pós-treino (15P) e 30 minutos póstreino (30P). Para a análise das respostas de TT e C foi utilizada uma análise de variância (ANOVA) para medidas repetidas para a comparação intra-grupo e teste t independente para a comparação inter-grupo. Para a análise das respostas do GH foi utilizado o teste de Freedman para as diferenças intra-grupos e o teste de Manwhitney para diferenças inter-grupos (p<0,05). Apenas o método drop-set modificou a concentração dos hormônios, onde a TT foi maior em IP comparado à PRE (22,92%). O mesmo ocorreu com o GH com valores maiores em 15P (5859,91%) e 30P (3394,09%) quando comparados ao PRE. O C permaneceu inalterado em ambos os métodos. Os resultados sugerem uma resposta anabólica mais pronunciada no método drop-set. Entretanto, um número maior de estudos envolvendo indivíduos treinados é necessário para confirmar esses achados.
Abstract The objective of this study was to analyze the response of anabolic hormones (testosterone (TT) and growth hormone (GH)) and catabolic (cortisol (C)) to the dropset strength training method and to the 10 repetition maximum method. Seven trained men (24,8 ±2,4 years) performed one strength training session for each one of the methods, both sessions had the same amount of total work. Blood was collected in four different time points in order to analyze the concentration response curve for each of the three hormones: pre-training (PRE), immediately post training (IP), 15 minutes post training (15P) and 30 minutes post training (30P). An analysis of variance (ANOVA) for repeated measures was used for the TT and C responses analysis for the intra-group comparison and an independent t test for the inter-group comparison. For the GH response analysis it was used the Freedman test for the intra-group differences and the Man-whitney test for the inter-group differences (p<0,05). Only the drop-set method changed the hormonal concentration, where TT was higher at IP compared with PRE (22,92%). The same occurred with GH that showed higher values in 15P (5859,91%) and 30P (3394,09%) when compared with PRE. C concentrations remained unaltered in both methods. These results suggest a more pronounced anabolic response to the drop-set method. Nevertheless, more studies involving trained individuals are needed to confirm these findings.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/27769
Arquivos Descrição Formato
000766311.pdf (221.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.