Repositório Digital

A- A A+

Os e-readers : repercussões no mercado editorial gaúcho

.

Os e-readers : repercussões no mercado editorial gaúcho

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Os e-readers : repercussões no mercado editorial gaúcho
Autor Waquil, Maria José Leivas
Orientador Giovanaz, Marlise Maria
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Biblioteconomia.
Assunto Livro eletrônico
Mercado editorial
[es] E-books
[es] Editoriales
[es] E-readers
[es] Libro
[es] Libro digital
[es] Mercado editorial gaúcho
Resumo O advento dos e-readers, dispositivos eletrônicos de leitura de livros digitais suscitou especulações em torno do futuro do livro impresso. Há que diga quem o livro vai acabar, e alguns prevêem esse fim já para daqui cinco anos. Em vista disso, este trabalho tem como objetivo geral conhecer o que pensam editores do Rio Grande do Sul sobre os e-readers e as repercussões de sua popularização para o mercado editorial gaúcho. Para tanto, é feito, através de pesquisa bibliográfica, um mapeamento da trajetória do livro até os dias de hoje, seguido de um panorama da digitalização de conteúdos até o advento dos e-readers, com o detalhamento de alguns modelos disponíveis no mercado brasileiro. São ouvidos, por meio de entrevistas, quatro editores gaúchos, que falam sobre possíveis novos posicionamentos frente a essas mudanças anunciadas. A análise dos depoimentos permite concluir que, ao contrário das previsões pessimistas, o livro impresso não será substituído por e-books lidos em e-readers e que os novos dispositivos não representam ameaça ao mercado editorial. Ao contrário, podem representar uma nova opção de negócio.
Resumen La aparición de los e-readers, dispositivos electrónicos de lectura de libros digitales, suscitó especulaciones alrededor del futuro del libro impreso. Hay los que dicen que el libro va a acabar, y algunos prevén ese fin ya para 5 años a partir de hoy. Considerando esto, este trabajo tiene como objetivo general conocer lo que piensan editores de Rio Grande do Sul sobre los e-readers y las repercusiones de su popularización para el mercado editorial del estado. Para tanto, se hace a través de investigación bibliográfica, un levantamiento de la trayectoria del libro hasta hoy en día, seguido de un panorama de la digitalización de contenidos hasta la aparición de los e-readers, detallando algunos modelos disponibles en el mercado brasileño. Se escucha, por medio de entrevistas, a cuatro editores gaúchos (de Rio Grande do Sul), que hablan sobre posibles nuevos posicionamientos con relación a estos cambios anunciados. El análisis de las declaraciones permite concluir que, al revés de las previsiones pesimistas, el libro impreso no será sustituido por e-books leídos en e-readers y que los nuevos dispositivos no representan amenaza al mercado editorial. Al revés, pueden representar una nueva opción de negocio.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/27806
Arquivos Descrição Formato
000766961.pdf (557.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.