Repositório Digital

A- A A+

Alteração recumbência-dependente na circunferência do pescoço imediatamente e após oito horas : efeitos na gravidade da SAHOS em sujeitos obesos e não obesos

.

Alteração recumbência-dependente na circunferência do pescoço imediatamente e após oito horas : efeitos na gravidade da SAHOS em sujeitos obesos e não obesos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Alteração recumbência-dependente na circunferência do pescoço imediatamente e após oito horas : efeitos na gravidade da SAHOS em sujeitos obesos e não obesos
Autor Fischer, Marcia Kraide
Orientador Martinez, Denis
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas.
Assunto Apnéia
Apnéia do sono tipo obstrutiva
Obesidade
Resumo Obesidade e perímetro cervical se correlacionam fortemente com a gravidade da síndrome da apneia-hipopneia obstrutiva do sono (SAHOS). O deslocamento de fluido durante a noite para a região cervical foi estudado previamente em indivíduos não obesos e parece explicar a colapsibilidade faríngea. Em obesos, ao recumbir, observa-se aumento do perímetro cervical por deslocamento circuncervical da gordura. Estudos correlacionando aumento do perímetro cervical devido ao decúbito com a gravidade da SAHOS não foram encontrados. Objetivo Avaliar os efeitos da recumbência imediata e por 8 horas na distribuição de gorduras e líquidos corpóreos em pacientes com SAHOS obesos e não obesos. Métodos Em 34 homens, 20 não obesos e 14 obesos encaminhados à polissonografia por suspeita de SAHOS, foram mensurados perímetros do pescoço, cintura, quadril, panturrilhas e tornozelos em ortostatismo e decúbito assim como antes e após o sono. Foram calculadas as diferenças tanto entre as perimetrias em pé e ao recumbir (variação rápida) como entre antes e após o sono (variação lenta). Essas diferenças foram correlacionadas com o índice de apneia-hipopneia (IAH) e a saturação mínima de oxigênio (SaOmin).2 Foram verificadas as pressões inspiratórias (PIM) e expiratórias máximas (PEM) nas posições sentado e em decúbito dorsal, antes e depois do sono, foram correlacionadas com a velocidade de dessaturação de oxigênio. Resultados Ocorre aumento significante de perímetro cervical (PC) da noite para a manhã (p=0,002), similar em obesos (0,5 cm) e não obesos (0,3 cm; p=0.5). As demais medidas mostraram redução durante a noite sendo significantes as variações de cintura (p=0,000), quadril (p=0,003) e perna (p=0,000). O aumento de PC com recumbência foi significantemente maior em obesos (1,8 cm) do que em não obesos (1 cm: p=0,02). A variação rápida do PC mostrou tendência de correlação com IAH em obesos (r=0,509). As variações lentas de PC não se correlacionaram com IAH ou SaO2min. A variação lenta da cintura em obesos se correlacionou com IAH (r=-0,619; p=0.001) e com a saturação mínima de oxigênio (r=0,565; p=0.003). A PEM se correlacionou com a velocidade de dessaturação durante apneias em sono REM. Conclusão Estes resultados sugerem que o deslocamento de fluidos imediato, mas não após 8 horas, afeta o IAH e a SaOmin. A definição das perimetrias úteis para o entendimento do papel do 2deslocamento de fluidos na SAHOS permitirá avançar em estudos futuros com maior casuística. São necessários estudos incluindo medidas mais acuradas dos conteúdos segmentares de água e gordura como na bioimpedância.
Abstract Background: Overnight rostral fluid displacement was shown to explain pharyngeal collapsibility in obstructive sleep apnea (OSA). Studies correlating cervical displacement of adipose “fluid” tissue in different postures were not found. Aim: To evaluate the effects of recumbence, immediately and after 8 hours, in the OSA severity in obese and non-obese subjects. Methods: In 34 male patients, 20 non-obese and 14 obese, undergoing polysomnography for suspected OSA were measured, before and after sleep, circumferences of the neck (NC), waist, hips, calves and ankles while standing and lying. We calculated the perimetry change between standing and recumbent positions (rapid change) and between before and after sleep (slow change). These changes were correlated with apnea-hypopnea index (AHI) and minimum oxygen saturation (SaO2min). We studied the maximal inspiratory (MIP) and expiratory (MEP) pressures in sitting and supine positions, before and after sleep were correlated with the rate of oxygen desaturation. Results: Significant slow change occurs in the NC (p=0.002) that is similar in obese (0.5 cm) and non-obese (0.3cm; p=0.5). The rapid change in NC was significantly higher in obese (1.8 cm) than in non-obese individuals (1.0cm; p=0.02). The rapid change in NC showed a tendency of correlation with AHI in obese subjects (r = 0.509). The slow change in neck circumference was correlated neither with AHI nor with SaO2min. MEP correlated with the velocity of desaturation during apnea in REM sleep. Conclusion: These results suggest that immediate rostral displacement of fluid, but not after 8 hours, affects AHI and SaO2min.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/27817
Arquivos Descrição Formato
000765704.pdf (820.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.