Repositório Digital

A- A A+

Incerteza, preferência pela liquidez e insuficiência de demanda efetiva : evidências empíricas sobre a crise financeira de 2008

.

Incerteza, preferência pela liquidez e insuficiência de demanda efetiva : evidências empíricas sobre a crise financeira de 2008

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Incerteza, preferência pela liquidez e insuficiência de demanda efetiva : evidências empíricas sobre a crise financeira de 2008
Autor Braga, Luciano Moraes
Raimundini, Simone Letícia
Bianchi, Márcia
Resumo Os conceitos fundamentais na contribuição de Keynes para a ciência econômica e no desenvolvimento posterior oferecido pela escola pós-keynesiana, na tentativa de compreender o comportamento das empresas e a repercussão na economia são: incerteza, preferência pela liquidez e insuficiência de demanda efetiva. A noção de incerteza é intrínseca a um sistema que não pode ser reduzido a um conjunto de probabilidades. Num contexto de imprevisibilidade é possível que os agentes, em situação de instabilidade, prefiram aumentar a liquidez de seus ativos. Tratando-se de uma economia monetária moderna, uma escolha que aumente a liquidez como a decisão de entesourar moeda — ativo líquido por excelência — implica em redução de demanda. A proposta deste artigo é apresentar os resultados empíricos para os índices de liquidez das empresas listadas em bolsas de valores no Brasil e nos Estados Unidos. Foi confirmada, para o caso norte-americano, a preferência por liquidez em situações de incerteza, como ocorreu na crise financeira de 2008. No entanto, a análise empírica não evidenciou um aumento significativo da preferência pela liquidez na economia brasileira após a deflagração da crise. O resultado, como previa a teoria, foi a redução das taxas de crescimento do PIB. É possível inferir que existe certa proficuidade nos elementos em estudo e fica reconhecida a necessidade de considerar a existência e a importância desses conceitos na compreensão da dinâmica macroeconômica.
Abstract This paper describes on three basic concepts of Keynes's contribution to economic science: Uncertainty, Liquidity Preference and Effective Demand. In a world where there is uncertainty, the agents may prefer to increase the liquidity of their assets. In that case, there will be a lack of effective demand. The notion of uncertainty is intrinsic to a system that can not be reduced to a set of probabilities. In a context of unpredictability is possible that agents in a situation of instability, prefer to increase the liquidity of its assets. Being a modern monetary economy, a choice that increases the liquidity and the decision to hoard money — liquid asset par excellence — implies a reduction in demand. The purpose of this paper is to present empirical results for the liquidity ratios of the companies listed on stock exchanges in Brazil and the United States Was confirmed in the American case, the preference for liquidity in situations of uncertainty, as occurred in the 2008 financial crisis. However, empirical analysis showed no significant increase in liquidity preference in the Brazilian economy after the outbreak of the crisis. The result, as the theory predicted, was the reduction in growth rates of GDP. It is possible to infer that there is some usefulness in the elements under study and is recognized the need to consider the existence and importance of these concepts in the understanding of macroeconomic dynamics.
Contido em Contexto. Porto Alegre, RS. Vol. 10, n. 17 (1. sem. 2010), p. 79-91
Assunto Crise financeira
Demanda efetiva
Liquidez
[en] Effective demand
[en] Liquidity preference
[en] Liquidity ratios
[en] Uncertainty
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/27856
Arquivos Descrição Formato
000750478.pdf (381.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.