Repositório Digital

A- A A+

A semiótica da mídia e sua relação com a epistemologia da ciência : uma leitura junto à educação de jovens e adultos

.

A semiótica da mídia e sua relação com a epistemologia da ciência : uma leitura junto à educação de jovens e adultos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A semiótica da mídia e sua relação com a epistemologia da ciência : uma leitura junto à educação de jovens e adultos
Autor Toldo, Josene Maria
Orientador Loguercio, Rochele de Quadros
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Química. Curso de Química: Licenciatura.
Assunto Educação de jovens e adultos
Ensino de quimica
[en] Epistemiological obstacles
[en] Media
[en] Semiotics in chemistry
Resumo O emprego de imagens e ilustrações é frequentemente utilizado na química para facilitar a apropriação de conceitos e termos muitas vezes abstratos, que essa ciência apresenta. A mídia é uma das principais produtoras de representações sociais e imagéticas, hoje em dia e, quando se refere à ciência pode corroborar ou não com a apropriação dos referidos conceitos abstratos. Nesse sentido, procurou-se refletir sobre os entendimentos gerados nos processos de significação e representações químicas, sob a perspectiva dos obstáculos epistemológicos de Bachelard e da teoria dos signos proposta por Peirce. Para tanto, foi escolhido um recorte midiático, com recursos centrados na imagem, exibido em um programa de televisão e apresentado a uma turma de EJA, na qual foi realizado um grupo focal. Pode-se analisar junto aos alunos que o excesso de imagens em detrimento da explicação dificulta a aprendizagem por parte destes e a ocorrência de vários obstáculos epistemológicos na relação entre o objeto de estudo, sua representação e interpretação bem como a utilização de vários elementos de senso comum levam a refletir acerca do papel e poder da mídia como veículo difusor da ciência.
Abstract The use of images and ilustrations in chemistry is often due to facilitate the appropriation of usually abstract concepts and terms that this science presents. Accordingly, sought to reflect on the understandings generated in meaning and representations of chemical, in the light epistemiological obstacles aspects of Bachelard and fluctuating theory proposed by Peirce. The media is one of the main producers of social and imagetic representations on these days and, when related to science, it might or might not validate the appropriation of those abstract concepts. Thereby, the present work sought to make a reflection upon the understandings generated in the process of chemical signification and representations, based upon the epistemiological obstacles aspects of Bachelard and the signs theory proposed by Peirce, and, thereto, it was made a midiatic selection, with resources focusing on the image, displayed on a television programme and presented to students from EJA, institute in which a focal group was formed. It was verified that images in excess instead of explanation makes difficult for the students to learn and that the occurrence of multiple epistemological obstacles aspects in the relation between the object of study, their representation and interpretation as well as the use of various elements of common sense lead to reflect upon the role and power of the media as a vehicle that difuses science.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/27866
Arquivos Descrição Formato
000767139.pdf (526.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.