Repositório Digital

A- A A+

Escalas de avaliação da dor no recém-nascido hospitalizado utilizadas no Brasil : revisão integrativa

.

Escalas de avaliação da dor no recém-nascido hospitalizado utilizadas no Brasil : revisão integrativa

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Escalas de avaliação da dor no recém-nascido hospitalizado utilizadas no Brasil : revisão integrativa
Autor Marins, Graciella Lopes Henriques
Orientador Cunha, Maria Luzia Chollopetz da
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Medição da dor
Recém-nascido
Unidades de terapia intensiva neonatal
[en] Neonatal intensive Care Unit
[en] Newborn
[en] Pain measurement
[en] Validation studies as topic
Resumo Trata-se de uma revisão integrativa de pesquisa, baseada na proposta de Cooper, que objetivou identificar quais escalas de avaliação de dor do RN hospitalizado são utilizadas no Brasil e quais dessas escalas foram validadas para uso no país. O estudo contou com uma amostra de 10 artigos inseridos nas bases de dados LILACS, Scielo, MEDLINE e PubMed, publicados entre os anos de 1990 e 2010. A revisão aponta a indisponibilidade de pesquisas brasileiras na literatura em quantidade e com características necessárias para explorar a utilização de escalas de dor dos RN no país. Foi possível estabelecer que a utilização das escalas no Brasil, segundo as publicações encontradas, se dá sob duas perspectivas: a aplicação da escala para verificar se algum procedimento especifico é doloroso (por meio de pesquisa) ou a aplicação da escala como uso sistemático, ou seja, no dia-a-dia da UTIN. As escalas identificadas na avaliação nociceptiva mediante algum procedimento especifico doloroso foram a NIPS, NFCS e PIPP. As escalas identificadas com aplicação do instrumento de modo sistemático foram a NIPS, NFCS e Faces. Observou-se um predomínio da utilização da escala NIPS -independentemente do perfil de aplicação- visto que seis (60%) dos dez artigos analisados optaram pela utilização desta escala. O uso freqüente deste instrumento deve-se, provavelmente, ao seu amplo reconhecimento pela literatura. Quanto à validação das escalas, constatou-se que não existe registro na literatura científica analisada sobre escala validada para uso no Brasil, visto que não foi encontrado nenhum artigo relativo a este processo. Com este estudo pôde-se constatar no que diz respeito ao cuidado e assistência do RN brasileiro hospitalizado que, hoje, essa população se encontra vulnerável e sujeita a danos, frente à ausência de avaliação sistematizada da sua dor. A introdução de ferramentas de avaliação de dor neonatal na prática clínica representa, assim, uma necessidade para a assistência. Deste modo, sugerem-se estudos futuros que visem à validação de escalas para uso no Brasil e pesquisas clínicas que abordem o uso destas no país.
Abstract It is an integrative review of research, based on the proposal for Cooper, attempts to identify which scales of pain assessment of infants hospitalized in Brazil are used and which of these scales have been validated for use in the country. The study involved a sample of 10 articles included in the databases LILACS, SciELO, MEDLINE and PubMed, published between 1990 and 2010. The review points to the absence of Brazilian literature in quantity and characteristics necessary to explore the use of pain scales for newborns in the country. It was established that the use of stops in Brazil, according to the publications found, occurs from two perspectives: the application of the scale to see if a specific procedure is painful (by research) or the application of scale and systematic use, or being the day-to-day NICU. The scales identified in the evaluation by a specific procedure nociceptive pain were NIPS, NFCS and PIPP. The scales identified by application of the instrument were systematically NIPS, NFCS and Faces. There was a predominance of use of the NIPS-regardless of the application profile, whereas six (60%) of the ten articles analyzed opted to use this scale. The frequent use of this instrument is due probably to its wide recognition in the literature. As for the validation of the scales, it was found that there is no record in the scientific literature reviewed on scale validated for use in Brazil, as not found any articles on that process. This study could be verified with regard to the care and assistance of Brazilian infants hospitalized that day, this population is vulnerable and susceptible to damage, address the lack of systematic evaluation of your pain. The introduction of tools to assess neonatal pain in clinical practice is therefore a need for assistance. Thus, we suggest future studies aimed at validation of scales for use in Brazil and clinical research addressing the use of these in the country.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/27919
Arquivos Descrição Formato
000768092.pdf (876.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.