Repositório Digital

A- A A+

Brincando de ser vários : Autonomia, presença, liberdade

.

Brincando de ser vários : Autonomia, presença, liberdade

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Brincando de ser vários : Autonomia, presença, liberdade
Autor Marcon, José Guilherme Benetti
Orientador Gil, Joao Pedro Alcântara
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Artes. Curso de Teatro: Licenciatura.
Assunto Teatro
Resumo Este trabalho tem a intenção de apontar o desenvolvimento da noção de Presença. Aqui, ela precisa ser entendida num sentido amplo, que ultrapassa a noção de presença cênica, ou seja, a presença do corpo físico. Tentarei, através da limitação natural de um trabalho escrito e da minha própria, desenvolver a noção de Presença no mundo, em nosso cotidiano. Como num exercício lúdico, farei uso da liberdade ao oferecer caminhos possíveis, ao fazer observações, ao colar aforismos, ao tecer comentários, todos que convirjam para a noção de que, se estamos realmente Presentes no mundo, assim como ficamos quando somos submetidos a certos exercícios físicos em teatro, estamos livres. Essa observação vai ser aprofundada em dois casos específicos neste trabalho: a Vila do Chocolatão, comunidade localizada no Centro de Porto Alegre; e a Escola Caminho do Meio, localizada em uma comunidade de Viamão. Em ambos os locais, foram realizadas atividades de teatro. Procurei obser - var as experiências nestes ambientes para refletir se, na condição de seres livres, somos capazes de direcionar nossas mentes e transformar a realidade à nossa volta. Somos mesmo capazes de dirigir nossa própria peça, escrever nossa própria dramaturgia? No processo de educação, torna-se fundamental a construção de sujeitos livres e autônomos, pois são eles que vão não apenas fazer o seu próprio mundo, mas moldar o mundo em que vivemos e vamos continuar vivendo, geração após geração. Para Boal, estamos fazendo teatro o tempo todo. Porém, o sujeito que apenas age no mundo, faz teatro sem notar. Feliz será o sujeito que, mergulhado nessa liberdade natural, age no mundo. Ele já está fazendo teatro de maneira Presente, porque livre.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/27988
Arquivos Descrição Formato
000768316.pdf (878.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.