Repositório Digital

A- A A+

Entre uma língua e outra, entre o materno e o estranho : lugar de interferência, historicidades, reverberações

.

Entre uma língua e outra, entre o materno e o estranho : lugar de interferência, historicidades, reverberações

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Entre uma língua e outra, entre o materno e o estranho : lugar de interferência, historicidades, reverberações
Autor Aiub, Giovani Forgiarini
Orientador Indursky, Freda
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Análise do discurso
Ensino de línguas
Historicidade
Língua estrangeira
Linguagem e línguas
Língua materna
Lingüística aplicada
Lingüística e História
Produção textual
Teorias do texto
[en] Mother and foreign languages
[en] Reverberation
[en] Subjective reconfiguration process
Resumo A presente dissertação analisa a produção escrita de aprendizes de língua inglesa como língua estrangeira em fase inicial de aprendizagem com o objetivo de averiguar como se dá este fenômeno. Além disso, esta pesquisa analisa um processo pelo qual todo sujeito passa ao vivenciar uma língua outra: o processo de reconfiguração subjetiva. Para tanto, este estudo inicia com uma reflexão sobre as diferentes metodologias de ensino de línguas estrangeiras e chega à Linguística Aplicada (LA) como uma teoria hegemônica neste campo. Contudo, este estudo se afasta desta área do saber por entender que as concepções de língua homogênea e de sujeito controlador do dizer nela inscritas não podem abarcar a complexidade característica do processo de escrita em língua estrangeira. Assim sendo, este trabalho se alicerça na teoria da Análise do Discurso de linha pecheuxtiana (AD) para investigar como que as historicidades das línguas em jogo entram em conflito fazendo com que o sujeito-aprendiz produza uma escrita que se pode chamar estranha. As análises apontam a presença da materna língua portuguesa na escrita da estrangeira língua inglesa, de tal modo que há um imbricamento entre essas línguas. Para a LA, a interferência da língua materna na escrita em língua estrangeira é vista sob uma ótica estritamente linguística e é examinada a partir de uma língua sistêmica, levando em conta apenas estruturas morfológicas e sintáticas. Portanto, quando este tipo de interferência ocorre, é considerado como um erro do aprendiz. Já as interferências de cunho semântico, não estudadas pela LA, foram designadas, nesta dissertação, como reverberação. Desse modo, enquanto que a interferência é da ordem do erro para a LA, a reverberação é da ordem do equívoco para a AD. Além do mais, esta pesquisa aponta que o contato com uma língua estrangeira pode causar diversos estranhamentos no sujeito em processo de aprendizagem de uma língua estrangeira, fazendo com que seja desestabilizado seu mundo logicamente organizado pela língua materna, dando ao aprendiz a possibilidade de novas formas de dizer.
Abstract This thesis analyses writing process of learners of English as a foreign language in the early stage of learning in order to investigate how this phenomenon occurs. Moreover, this research analyses a process by which every subject passes through when is kept in touch with another language: the subjective reconfiguration process. Therefore, this study starts with a reflection about different methodologies of foreign language teaching and consequently it comes near Applied Linguistics (AL) as a hegemonic theory in this field. However, this study withdraws this theory because the concepts of a homogeneous language and of a subject who controls what he says can not involve the complexities that are characteristic in a process of writing in a foreign language. Thus, based on Pechêux’s Discourse Analysis (DA), this work investigates how historicities of the languages involved get in conflict, which makes the learner produces a strange writing. The analyses point out to the presence of Portuguese (mother tongue) in the writing of English (foreign language), in way that there is an overlaying between these two languages. The interference of mother language in the writing of a foreign language is viewed as strictly linguistics under AL viewpoint. And this kind of writing is examined from a systematic language, noticing only syntactic and morphological structures. So, when this kind of interference occurs, it is considered as an error of the learner. On the other hand, the semantic interferences, which are not studied by AL, were named in this thesis as reverberation. Thus, while the interference is considered as an error to AL, the reverberation is seen as a misunderstanding to DA. Besides, this research suggests that contact with a foreign language can cause some strangeness to the subject in process of learning a foreign language, which destabilizes his world logically organized by the mother tongue, offering him possibilities of new ways of say.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/28003
Arquivos Descrição Formato
000767023.pdf (1.457Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.