Repositório Digital

A- A A+

Tendências climáticas das variáveis meteorológicas originais, estimadas e das derivadas do balanço hídrico seriado do Rio Grande do Sul

.

Tendências climáticas das variáveis meteorológicas originais, estimadas e das derivadas do balanço hídrico seriado do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Tendências climáticas das variáveis meteorológicas originais, estimadas e das derivadas do balanço hídrico seriado do Rio Grande do Sul
Outro título Climate trends of meteorological variables original, estimated and derived of water balance of the Rio Grande do Sul state, Brazil²
Autor Cordeiro, Ana Paula Assumpção
Orientador Berlato, Moacir Antonio
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia.
Assunto Climatologia
El niño
Rio Grande do Sul
Resumo Foram analisadas as tendências climáticas, estacionais e anuais, das variáveis originais, estimadas e das derivadas do balanço hídrico seriado do Estado do Rio Grande do Sul, utilizando dados mensais de 14 estações meteorológicas do período de 1950-2009. Nos últimos sessenta anos, tendências climáticas observadas em escala global e regional e outras até então não estudadas, foram constatadas no Rio Grande do Sul. A precipitação pluvial apresentou forte tendência de aumento. Das temperaturas, a temperatura mínima do ar foi, destacadamente, a que apresentou maior aumento e maior consistência espacial. A insolação e suas variáveis derivadas (radiação solar global e saldo de radiação) apresentaram forte tendência de redução. A evapotranspiração de referência apresentou a mesma tendência. A evapotranspiração real apresentou tendências fracas, de aumento no ano e nas estações mais quentes; e de redução nas estações do ano mais frias. O déficit hídrico e o índice hídrico apresentaram tendência de redução e de aumento, respectivamente, especialmente na primavera, em que a maior disponibilidade hídrica é muito importante. O excesso hídrico apresentou tendência de aumento. As tendências temporais significativas e a coerência espacial das tendências das variáveis originais estão de acordo com outros trabalhos para o sudeste da América do Sul, indicando o caráter de grande escala dessas tendências. Principalmente na primavera e verão (épocas de maior impacto do ENOS no clima do Estado), as tendências observadas das variáveis originais estão relacionadas com esse fenômeno, especialmente sua fase quente, El Niño, mais fortes e extensos a partir da década de 1980. Mas são coerentes também com a hipótese do aquecimento global. As tendências climáticas apresentadas no presente trabalho servem de subsídios para o planejamento de estratégias de adaptação e/ou mitigação aos possíveis novos agroclimas.
Abstract Annual and seasonal climate trends of the original, estimated and derived of the series water balance of the Rio Grande do Sul state variables were analyzed, using monthly data from 14 meteorological stations in the period 1950-2009. In the last sixty years, climate trends observed in global and regional scales and other not yet studied were noted in the Rio Grande do Sul state. The precipitation showed strong increasing trend. In the air temperatures, the minimum air temperature was prominently that showed the greatest increase and greater spatial consistency. The sunshine and its derived variables (global radiation and net radiation) showed strong decreasing trend. The reference evapotranspiration showed the same tendency. The real evapotranspiration showed weak trends of increase in the year and in warmer seasons, and reduction in the colder seasons. The water deficit and water index showed tendency of decrease and increase, respectively, especially in the spring, that higher water availability is very important. The excess water showed increasing trend. Significant temporal trends and spatial coherence of the trends of the original variables are consistent with other studies to the southeast of South America, indicating the character of largescale of these trends. Especially in spring and summer (period of greatest impact of ENSO on climate in the State), the trends of the original variables are related to this phenomenon, especially its warm phase, El Niño, strongest and extended from the 1980s. But they are also consistent with the hypothesis of global warming. Climate trends presented in this work serve as background information for planning adaptation and / or mitigation strategies, to possible new agroclimates.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/28005
Arquivos Descrição Formato
000767985.pdf (4.294Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.