Repositório Digital

A- A A+

Mutantes : uma análise da antropofagia tropicalista

.

Mutantes : uma análise da antropofagia tropicalista

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Mutantes : uma análise da antropofagia tropicalista
Autor Aguiar, Cícero Vicente Schmidt de
Orientador Silva, Alexandre Rocha da
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Comunicação Social: Habilitação em Jornalismo.
Assunto Antropofagia
Os Mutantes.
Tropicalismo
[en] Anthropophagy
[en] Music
[en] Os Mutantes
[en] Tropicalismo
Resumo Os Mutantes, grupo brasileiro de rock protagonizado por Arnaldo Baptista, Sérgio Dias e Rita Lee e a perspectiva antropofágica adotada pelo grupo frente à efervescência musical da época, sendo pioneira no Brasil em mesclar o rock n’roll com ritmos e temas brasileiros. Esta é uma análise do método antropofágico de criação protagonizado pelos membros, reformulando a perspectiva oswaldiana, um fenômeno também assumido pelos tropicalistas. Sua relação com as diferentes manifestações artísticas, sociais e políticas da época. Para este estudo foi explorada a discografia dos Mutantes, seus registros audiovisuais disponíveis em domínio público, entrevistas publicadas em periódicos e endereços online, a restrita bibliografia oficial e os poucos trabalhos acadêmicos relacionados. Para dar suporte, foram estudados pensadores que teorizaram diferentes manifestações culturais, principalmente no terceiro mundo. Dentre eles, Stuart Hall, Jesus Martín-Barbero e Claude Lévi-Strauss. O objetivo é localizar, contextualizar, para então desconstruir as manifestações da antropofagia na obra dos Mutantes. Assim descobriu-se a presença de certos dualismos, costumeiramente hierarquizados do ponto de vista da arte e que no caso deste grupo, esta hierarquia foi suprimida, dando espaço a uma das características mais marcantes da banda, o experimentalismo.
Abstract Os Mutantes, Brazilian rock group starring Arnaldo Baptista, Sergio Dias and Rita Lee and the atropophagy approach adopted by the group against the musical ferment of the era, being a pioneer in Brazil in the mix rock'n'roll with Brazilian rhythms and themes. This is an analysis of the antropophagy played by members of creation, reshaping the prospect Oswald, a phenomenon also undertaken by the “tropicalistas”. His relationship with the various artistic, social and political from their time. For this study was explored the discography of Os Mutantes, its audiovisual records available in the public domain, interviews published in periodicals and online directories, restricted to official literature and the few academic papers related. To support this analysis, we studied thinkers theorized that different cultures, especially the third world. Among them, Stuart Hall, Jesus Martín-Barbero e Claude Lévi- Strauss. The goal is to locate, contextualize and then deconstruct the manifestations of antropophagy in the work of Os Mutantes. He found the presence of certain dualisms, routinely ranked in terms of art and that for that group, this hierarchy was eliminated, giving way to one of the most striking features of the group, experimentalism.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/28038
Arquivos Descrição Formato
000767652.pdf (528.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.