Repositório Digital

A- A A+

Atribuições da enfermagem nas principais intercorrências durante a sessão de hemodiálise

.

Atribuições da enfermagem nas principais intercorrências durante a sessão de hemodiálise

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Atribuições da enfermagem nas principais intercorrências durante a sessão de hemodiálise
Autor Falcão, Renata Alves
Orientador Carraro, Vanderlei
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Diálise renal
Hemodiálise : Enfermagem
Resumo O trabalho desenvolvido trata-se de um estudo exploratório, realizado por meio de uma pesquisa bibliográfica baseada em Gil. Realizou-se busca da literatura nas bases de dados Scielo, BDENF, LILACS, MEDLINE, publicados no período de 2001 a 2010. Foram selecionados 8 artigos nacionais e 1 internacional que atenderam aos critérios de inclusão. Também foram utilizados 8 livros, divididos em enfermagem em nefrologia, livros clínicos de enfermagem e outros livros técnicos que abordaram a temática, em idioma português, publicados no período de 2002 a 2010 e 3 monografias publicadas no período de 1999 a 2004, disponíveis na biblioteca da escola de enfermagem da UFRGS. Este estudo identificou as atribuições dos enfermeiros, técnicos e/ou auxiliares de enfermagem nas principais intercorrências (hipotensão, cãibras, náuseas, vômitos, cefaléia, dor torácica, lombalgia, prurido, febre e calafrios) presentes nos pacientes, durante a sessão de hemodiálise. A atuação destes profissionais diante às diferentes complicações compreendem um processo de monitorização, detecção de anormalidades e rápida intervenção, tornando estas ações essenciais para a garantia de um processo seguro e eficiente para o paciente. Monitorização dos sinais vitais, programação da ultrafiltração conforme a prescrição, administração de medicamentos e volume, educação em saúde, alterações no sistema de diálise (temperatura e concentração de sódio da solução de diálise, modificações na ultrafiltração) são algumas das ações que competem à enfermagem. A compreensão do funcionamento do circuito extracorpóreo e das potenciais intercorrências, a educação dos pacientes e seus familiares, assim como a educação permanente da equipe de enfermagem, são fatores que podem minimizar os índices de intercorrências e aumentar a qualidade de vida dos pacientes em terapia hemodialítica.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/28056
Arquivos Descrição Formato
000768668.pdf (216.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.