Repositório Digital

A- A A+

A conciliação de práticas cooperativas com o desafio da conquista e manutenção da sustentabilidade : o caso da Cooperativa Regional de Agricultores Familiares Ecologistas (ECOVALE)

.

A conciliação de práticas cooperativas com o desafio da conquista e manutenção da sustentabilidade : o caso da Cooperativa Regional de Agricultores Familiares Ecologistas (ECOVALE)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A conciliação de práticas cooperativas com o desafio da conquista e manutenção da sustentabilidade : o caso da Cooperativa Regional de Agricultores Familiares Ecologistas (ECOVALE)
Autor Freitas, Giovana Souza
Orientador Mesquita, Zilá Pedroso
Data 2002
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Centro de Estudos e Pesquisas em Agronegócios. Programa de Pós-Graduação em Agronegócios.
Assunto Agricultura familiar
Agronegócios
Cooperativa agrícola
Sustentabilidade
Vale do Rio Pardo, Região (RS)
Resumo O presente trabalho tem a pretensão de verificar as práticas cooperativas que se fazem presentes em agricultores familiares da região do Vale do Rio Pardo - RS que vêm gradativamente abandonando a cultura do fumo, intensiva em insumos químicos, e inserindo suas propriedades rurais numa lógica de produção ecológica e sustentável, priorizando a diversificação de culturas. Como alternativa de viabilização da nova atividade foi criada a Cooperativa Ecovale. O trabalho analisa a organização desses agricultores que estão vendo na cooperação o vetor para a conquista da sustentabilidade. O trabalho apresenta o seguinte objetivo geral: analisar as práticas sociais cooperativas dos sócios cooperados da Cooperativa Ecovale que estão contribuindo para que esta organização torne-se sustentável. Utiliza-se como referencial teórico os conceitos de desenvolvimento sustentável, da cooperação e do cooperativismo e como método de pesquisa o estudo de caso na Cooperativa Ecovale. Os mapas de associações de idéias foram utilizados como técnica de análise dos dados, o que possibilitou a obtenção dos resultados da pesquisa. Verificou-se que as principais práticas cooperativas existentes nos sócios cooperados estão baseadas fundamentalmente na união, no trabalho conjunto, no aprendizado que vem sendo realizado em grupo, na ajuda mútua e na interação dos produtores com outros grupos de produtores ecológicos. Este conjunto de comportamentos e atitudes por parte dos produtores configura-se como o principal “pilar de sustentação” da organização cooperativa, lançando as bases para a conquista da sustentabilidade da mesma.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/2812
Arquivos Descrição Formato
000376620.pdf (348.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.