Repositório Digital

A- A A+

Sistema de vigilância alimentar e nutricional (SISVAN) : uma revisão na América Latina e Brasil

.

Sistema de vigilância alimentar e nutricional (SISVAN) : uma revisão na América Latina e Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sistema de vigilância alimentar e nutricional (SISVAN) : uma revisão na América Latina e Brasil
Autor Pedroso, Márcia Regina de Oliveira
Orientador Neutzling, Marilda Borges
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Curso de Nutrição.
Assunto Estado nutricional
Nutrição em saúde pública
Sistemas de saúde
Vigilância nutricional
Resumo Introdução: A Vigilância Alimentar e Nutricional (VAN) foi formalizada em 1974, durante a Conferência Mundial de Alimentação em Roma, onde também foi proposta a constituição de um Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (SISVAN), cuja construção objetiva coletar, processar e analisar de forma contínua os dados de uma população, possibilitando diagnóstico atualizado da situação nutricional, suas tendências temporais e fatores determinantes, servindo como base para a formulação e avaliação de intervenções e programas nesta área. Desde então, diversos países passaram a desenvolver e implantar o SISVAN com particularidades, características, necessidades e disponibilidades próprias. Porém, até o momento não há estudos reunindo estas experiências de implantação do SISVAN nos países da América Latina de forma sistemática, apontando suas dificuldades, necessidades, aplicabilidades e resultados. Objetivo: Realizar uma revisão sistemática da literatura buscando caracterizar os SISVANs implantados nos países da América Latina e o histórico do processo de implantação no Brasil. Métodos: Foram consultadas as bases de dados da PUBMED, SCIELO, HIGHWIRE, LILACS e BIREME. Os unitermos utilizados foram: “vigilância nutricional”, “sistemas de informação”, “vigilância alimentar e nutricional”, “SISVAN”, “políticas de alimentação e nutrição” e “sistemas de saúde”. As buscas incluíram todos os artigos publicados em periódicos, dissertações, teses, livros e documentos oficiais. Dos artigos identificados, resultaram 65 artigos cuja avaliação dos títulos e resumos contemplavam os objetivos deste trabalho. Destes, foi possível o acesso a 44. Resultados: A partir da leitura e análise dos artigos, foi possível obter informações sobre a experiência do SISVAN em seis países da América Latina, incluído o Brasil. Para cinco países da América Latina foi possível discriminar sobre os sistemas implantados seu nível e formato, os setores envolvidos, o público-alvo, a fonte de dados e os indicadores ou dados utilizados. Para o Brasil, foi possível traçar uma série histórica do processo de implantação do SISVAN, desde a sua formalização e primeiras experiências regionais na década de 1980, até os dias atuais, passando pela sua formalização a nível nacional em 1990. Conclusão: A maioria dos países apresentou apenas experiências pontuais sobre o SISVAN, não localizando-se publicações posteriores sobre a continuidade e real aplicação destes sistemas. Para o Brasil, percebe-se que mesmo a sua instituição como lei nacional e diretriz da política de alimentação e nutrição, não foram suficientes para sua adesão e utilização para a tomada de decisões neste âmbito. Com isso, mostram-se ainda muitos desafios para a implantação e utilização destes dados para a formulação e avaliação das políticas públicas na área.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/28185
Arquivos Descrição Formato
000768964.pdf (131.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.