Repositório Digital

A- A A+

Inclusão de ácidos graxos de cadeia curta em diferentes níveis de cálcio na dieta de frangos de corte

.

Inclusão de ácidos graxos de cadeia curta em diferentes níveis de cálcio na dieta de frangos de corte

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Inclusão de ácidos graxos de cadeia curta em diferentes níveis de cálcio na dieta de frangos de corte
Autor Vieira, Maitê de Moraes
Kessler, Alexandre de Mello
Ribeiro, Andrea Machado Leal
Resumo Noventa e seis frangos de corte, machos, de linhagem Cobb e de 21 aos 31 dias de idade foram alimentados com a inclusão de ácidos graxos de cadeia curta (AGCC) e diferentes níveis de cálcio. Foram determinados o balanço de cálcio (Ca) e de fósforo (P), a metabolizabilidade da matéria seca (MetMS), matéria orgânica (MetMO) e matéria mineral, da energia bruta e proteína bruta da dieta, a porcentagem de cinzas nas tíbias (%CzT), além do desempenho das aves. Utilizouse um esquema fatorial 5x4 (sem ácido orgânico; ácido fórmico, ácido acético, ácido propiônico e ácido butírico) x (0,40, 0,59, 0,78 e 0,97% de Ca), com um delineamento completamente casualizado. O acréscimo de Ca na dieta afetou de forma positiva e quadrática o balanço de Ca e P, sendo os melhores níves estimados em 0,87 e 0,75% de Ca dietético, respectivamente, e afetou positiva e linearmente a MetMS e a MetMO, bem como a %CzT. Houve redução na eficiência de retenção do Ca, de forma quadrática, com o aumento do nível de cálcio. Os AGCC não apresentam efeitos detectáveis sobre as respostas estudadas e nem interação com os níveis dietéticos de Ca utilizados. A melhor exigência estimada de Ca dietético, considerando o balanço de cálcio, foi de 0,87%.
Abstract Ninety six Cobb male broilers from 21 to 31 days of age were fed including short chain fatty acids (SCFA) and different level of calcium. Calcium (Ca), phosphorus (P), balance, dry, organic and mineral matter metabolizability, crude energy and crude protein metabolizability, tibia ash percentage and animal performance were measured. Experimental diets were assigned in a 5x4 factorial arrangement (without acids, formic acid, acetic acid, propionic acid and butyric acid) x (0.40, 0.59, 0.78 and 0.97% of Ca) in a randomized completely design. Increasing Ca levels affected positively and in a quadratic form Ca and P balance and the best levels were estimated at 0,87% and 0,75% of Ca dietary, respectively and affected linearly dry, organic matter metabolizability and tibia ash percentage. However, the efficiency of Ca retention was decreased quadratically with the increase of Ca level. The SCFA did not show detectable effects on the studied responses, and no interaction with dietary levels of Ca used. The estimated Ca requirement considering calcium balance was 0.87%.
Contido em Ciência rural, Santa Maria. Vol. 40, n. 1 (jan./fev. 2010), p.156-162
Assunto Dieta
Frango de corte
Nutricao animal
Produção animal
[en] Bone mineralization
[en] Calcium requirement
[en] Organic acids
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/28256
Arquivos Descrição Formato
000746587.pdf (44.43Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.