Repositório Digital

A- A A+

Caracterização das dissertações de mestrado referentes à saúde da mulher do Programa de Pós-Graduação da Escola de Enfermagem da UFRGS

.

Caracterização das dissertações de mestrado referentes à saúde da mulher do Programa de Pós-Graduação da Escola de Enfermagem da UFRGS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Caracterização das dissertações de mestrado referentes à saúde da mulher do Programa de Pós-Graduação da Escola de Enfermagem da UFRGS
Autor Bohrer, Ana Flávia Rodrigues
Orientador Bonilha, Ana Lúcia de Lourenzi
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Pesquisa em enfermagem
Saúde da mulher
Resumo Trata-se de um estudo quantitativo, exploratório, com caráter documental. O presente estudo tem como objetivo caracterizar as pesquisas em saúde da mulher, através da análise das dissertações de mestrado, do Programa de Pós-graduação da Escola de Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, defendidas no período de janeiro de 2000 a dezembro de 2009. Os dados foram analisados utilizando-se a estatística descritiva, bem como a literatura disponível sobre pesquisas de enfermagem e saúde da mulher. No Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, desde sua criação em 2000 até dezembro de 2009, foram produzidas 161 dissertações, sendo que destas, 29 estão voltadas para a saúde da mulher. O tipo de abordagem predominante foi a qualitativa, presente em 26 dissertações, a abordagem quantitativa está presente em duas dissertações e uma dissertação fez uso da abordagem quali-quantitativa. Em relação ao conteúdo, a maioria das dissertações defendidas está voltada para a saúde reprodutiva das mulheres, não havendo pesquisas relacionadas à saúde da mulher idosa, da saúde da mulher no climatério e de outros temas como: planejamento familiar, câncer de mama e câncer uterino. É de importância para a área, dar continuidade à realização de investigações nas temáticas já estudadas e investir no desenvolvimento de pesquisas direcionadas às temáticas pouco ou não estudadas. Ressalta-se, também, a importância da realização de estudos quantitativos e experimentais, que contenham propostas de mudanças para as práticas de saúde, possibilitando o avanço da profissão nesta área.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/28285
Arquivos Descrição Formato
000770291.pdf (254.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.