Repositório Digital

A- A A+

Avaliação morfométrica do adipócito e da angiogênese no omento transposto para a mama

.

Avaliação morfométrica do adipócito e da angiogênese no omento transposto para a mama

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação morfométrica do adipócito e da angiogênese no omento transposto para a mama
Outro título Adipocyte morphometric evaluation and angiogenesis in the omentum transposed to the breast
Autor Costa, Sirlei dos Santos
Orientador Edelweiss, Maria Isabel Albano
Data 2010
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Cirúrgicas.
Assunto Adipócitos
Hipertrofia
Mama
Omento
[en] Adipocyte
[en] Adipocyte hypertrophy
[en] Adipose tissue
[en] Angiogenesis
[en] VEGF
Resumo Introdução: Ao ser usado o retalho de omento dissecado por videolaparoscopia no tratamento de deformidades da mama, foi constatado um significativo aumento do seu volume nos primeiros meses após a sua transposição, em todas as pacientes operadas, o que não é visto com essa magnitude em nenhum outro retalho adiposo. Métodos: Para se estudar o motivo desse aumento de volume, foram realizados estudos histológicos de amostras de omento coletadas no primeiro tempo cirúrgico, logo após sua transposição da cavidade abdominal para a região mamária e, no segundo tempo cirúrgico, durante a complementação de tratamento para a simetrização das mamas de oito pacientes. Foram documentadas as modificações nas medidas morfométricas dos adipócitos (perímetro, diâmetro e área), na densidade microvascular mediante o marcador endotelial CD31 e na expressão imunohistoquímica do fator de crescimento do endotélio vascular (VEGF). Resultados: O aumento do tamanho dos adipócitos e da densidade microvascular foi estatisticamente significativo (P≤0,012). O valor do VEGF foi menor na segunda amostra em relação com a primeira, redução esta que não atingiu significância considerável (P<0,093). Conclusão: Estes resultados sinalizam um aumento no volume celular que se mostrou consistente quando foram utilizados três diferentes processos de medida: perímetro, diâmetro e área dos adipócitos. Além disso, o aumento do número de vasos na segunda amostra sugere que tenha ocorrido neoangiogênese estimulada pelo aumento inicial dos valores do VEGF. Portanto o aumento do volume do retalho se deve a neovascularização e hipertrofia do adipócito.
Abstract Introduction: When laparoscopically harvested omentum flap was used to treat breast deformities, a significant volume increase, which had never been noticed in any other adipose flap, was observed in all the patients in the first months following its transposition. Methods: Histological studies of omentum samples were performed to study the reason for this increase. Samples were harvested at the first surgical time, right after the transposition of the omentum from the abdominal cavity to the breast region, and at the second surgical time, during treatment complementation for breast symmetrization of eight patients submitted to the transposition of the omentum flap. Modifications in the morphometric measurements of the adipocytes (perimeter, diameter, and area), in the microvascular density by the CD31 endothelial marker and in the imunohistochemic expression of VEGF were documented. Results: the increase in adipocyte size and microvascular density was statistically significant (P≤0.012). The value of VEGF was lower in the second sample, which was not significant (P<0.093). Conclusion: These results suggest an increase in cellular volume that was consistent when three different measurement procedures were used: adipocyte perimeter, diameter, and area. Moreover, the increase in the number of vessels in the second sample suggests neoangiogenesis stimulated by the initial increase in VEGF values obtained in the first sample. The flap increase was probably caused by adipocyte hypertrophy, resulting from the neoangiogenesis.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/28354
Arquivos Descrição Formato
000770343.pdf (1.376Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.